O Brasileirão começa no próximo dia 8 de agosto e com ele também a disputa no Cartola FC 2020. O mercado está aberto e já é possível escalar a sua equipe. No entanto, é importante lembrar que o fantasy tem diversas mudanças nesse ano. Será um novo Cartola!

---> Clique aqui para seguir as dicas do Professor também no Instagram

Confira abaixo as principais novidades no game e fique mais preparado para mitar nesta temporada!

---> DICAS PREMIUM DO CARTOLA FC 2020: Cartoleiro Premium recebe dicas extras em um grupo exclusivo, tem acesso aos times pessoais do Professor e do Casão em todas as rodadas, além de poder tirar dúvidas individuais na Central do Assinante. Vamos te ajudar a ganhar suas ligas em 2020! CLIQUE AQUI E GARANTA SUA VAGA!

Fornecedor de scouts

Neste ano o Cartola FC mudou a empresa que irá contabilizar os scouts a cada rodada. A nova empresa é o FootStats, que promete ser mais rigorosa nas avaliações, com critérios diferentes. Por isso alguns quesitos mudaram de valor.

Defesa difícil

Foi a primeira mudança anunciada. Agora a defesa difícil do goleiro vale 4 pontos e não 3 como no ano passado. Mas isso não significa que os goleiros vão mitar mais. Isso porque não teremos tantas defesas difíceis como em 2019. A tendência é que ocorra uma diminuição de 40% por causa do critério adotado pela FootStats. Por isso, nessa temporada, será ainda mais importante escalar goleiros com potencial de não serem vazados, o que resulta no bônus de 5 pontos do saldo de gols.

Passe incompleto

O passe errado, que tirava 0,3 pontos dos jogadores, foi abolido. Em seu lugar entra o passe incompleto, que vale -0,1. Porém, agora, qualquer chute ou lançamento que não chegue no companheiro de equipe será considerado passe incompleto. O mais importante: isso inclui até os tiros de meta dos goleiros. A tendência é que eles percam bastante com isso no decorrer do ano.

Desarme

A partir desta temporada, deixa de existir a roubada de bola que até o ano passado rendia 1,5 pontos. Agora serão contabilizados os desarmes, que vão valer 1 ponto. Essa mudança ocorreu porque teremos muito mais desarmes do que as antigas roubadas de bola. O conceito do desarme incluirá interceptações e cortes para fora, por exemplo. Interrompeu a jogada do adversário, é desarme. As exceções são os bloqueios de cruzamento e finalização.

Para ver as nossas dicas do Cartola FC também no YouTube é só clicar aqui e se inscrever no nosso canal.

Assistência

A mudança aqui não está na pontuação (a assistência segue valendo cinco pontos). O que mudou foi a interpretação do que é assistência. A intenção do jogador em dar a assistência agora vai ser levado em conta. Não basta só tocar, sem querer, antes de outro jogador finalizar para o gol.

Finalizações

Dois critérios de finalizações mudaram. O primeiro: quando o jogador chuta, o goleiro desvia e a bola bate na trave. Nessa temporada isso contará como finalização na trave, que vale três pontos, o que não ocorria nas temporadas anteriores. A segunda mudança: finalização, sem goleiro, que o zagueiro tira em cima da linha. Nesse caso o jogador irá ganhar 1,2 pontos por finalização defendida, mesmo não sendo o goleiro o responsável por evitar o gol.

Horário de fechamento do mercado

Essa mudança é uma das mais importantes. Agora o mercado fecha uma hora antes do primeiro jogo da rodada. Antes isso ocorria com duas horas de antecedência.

Ligas sem capitão

O Cartola FC agora disponibiliza essa possibilidade para os Cartoleiros PRO: montar ligas em que os times não terão a pontuação dobrada do capitão contabilizada. Cabe ao administrador de cada liga, se for assinante PRO do Cartola, decidir assim se na sua competição irá contar ou não o capitão.

Cinco substituições

Essa não é uma mudança específica do Cartola e sim do futebol mundial. Por causa da pandemia do coronavírus, a Fifa autorizou que os times façam cinco substituições por jogo, tendo em vista a sequência grande de partidas que farão. Assim, os cartoleiros precisarão ficar mais atentos: meias e atacantes devem ser mais substituídos e ficar menos tempo em campo.

Jogos sem público

Mais uma mudança decorrente da pandemia. Com os jogos sem público, o desempenho das equipes mandantes deve cair. Na hora de escalar o jogador, o fato do time jogar fora ou em casa não será tão relevante como em anos anteriores.

Veja no vídeo abaixo as explicações detalhadas do Professor:

Participe da conversa!
0