A Federação Paranaense de Futebol (FPF) trabalha para retomar os jogos em Curitiba pelo Estadual. Nesta quarta-feira (7), a entidade encaminhou um documento para a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba (SMS) solicitando a liberação dos jogos na capital. A informação foi divulgada pela Banda B.

A SMS confirmou o recebimento do documento e informou que o pedido será analisado pelo Comitê de Técnica e Ética Médica, que faz reuniões semanais. A prefeitura de Curitiba mantém a proibição dos jogos na cidade, o que afeta Athletico, Coritiba e Paraná. Neste período, algumas partidas do Paranaense foram realizadas em Arapongas, no norte do estado.

Na semana passada, os Ministérios Públicos Federal, do Trabalho, do Paraná e Defensoria recomendaram a suspensão de jogos no Paraná em razão do nível alarmante de disseminação do coronavírus no estado. A FPF ainda não marcou partidas na capital após a flexibilização das medidas restritivas. No último sábado (3), o novo decreto excluiu a proibição dos treinos em Curitiba.

Quatro jogos com mandos em Curitiba estão atrasados e podem ser realizados nos próximos dias após uma eventual liberação - Athletico x Operário (2ª rodada); Athletico x Cascavel CR (4ª rodada), Coritiba x Toledo (3ª rodada); Coritiba x Azuriz (4ª rodada);

Nos bastidores, o Coritiba, por exemplo, tem defendido que gostaria de voltar a jogar no Couto Pereira, e segue aguardando as definições por parte da Federação. Até agora, o Coxa disputou três partidas pelo estadual - jogou contra o Cascavel CR e Maringá em Arapongas, e diante do Operário em Ponta Grossa.

Em contato com o UmDois Esportes, os clubes do interior informaram que mantém contato diário com a FPF, mas que ainda não foram procurados sobre a marcação de novos jogos. O Cianorte, por exemplo, tem se preparado para o jogo pela Copa do Brasil, diante do Santa Cruz, no próximo dia 13, e o FC Cascavel está focado na partida contra o Avaí, no dia 15.

O último boletim da Secretaria de Estado da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (7), consta que o Paraná ultrapassou a marca de 18.001 mil mortos em decorrência da Covid-19. São 863.790 casos confirmados - atualmente são 2.589 pacientes internados.

Participe da conversa!
0