A Federação Paranaense de Futebol divulgou, nesta sexta-feira (14), o protocolo para os clubes que disputarão a edição do estadual, que se inicia no próximo sábado (22).

A entidade cita que a delegação dos times pode ter, no máximo, 35 pessoas, e recomenda que a comissão técnica se desloque de van. Todos os veículos de transporte deverão ser higienizados e desinfetados.

A FPF também confirma que as partidas serão disputadas com a presença de público nos estádios.

Coritiba e Cianorte, no sábado (22), abrem o Paranaense, às 16h, no Couto Pereira. Os demais jogos agendados para domingo (23) são FC Cascavel x Rio Branco-PR; São Joseense x Azuriz; Londrina x Maringá; Athletico x Paraná e Operário x União.

Veja, abaixo, os principais pontos do protocolo da FPF:

  • O uso de máscara continua sendo obrigatório durante o trajeto até os estádios, incluindo os árbitros, assim como dentro de vestiários e corredores, retirando apenas quando adentrarem ao campo;
  • Não será permitida comemoração de gol com aglomeração de jogadores e comissão com abraços e apertos de mão;
  • Proibida a troca de camisas ou peças do uniforme;
  • Proibido cuspir no chão;
  • Os clubes e equipes de arbitragem deverão apresentar esquema vacinal completo (duas doses ou dose única da vacina), que será válido por toda a competição; quem não tiver, será necessário anexar o exame RT-PCR via portal de clubes até 24h antes de cada jogo;
  • O número máximo de inscritos por clube é de 35 atletas até o dia 18 de fevereiro;
  • As partidas vão acontecer caso os clubes tenham ao menos sete atletas com exames negativos de Covid-19;
  • Se a cidade do clube mandante não puder receber jogo por conta de decreto municipal, o jogo será remanejado para outra cidade;
  • Nas viagens, recomenda-se evitar serviço de buffet, e que não haja serviço de quarto para alimentação e limpeza; a FPF ainda recomenda o uso de quartos individuais para equipes que não estão concentradas há mais de 14 dias;
  • Nos estádios, os ambientes serão previamente desinfetados e higienizados, com responsabilidade do clube mandante;
  • No acesso aos estádios será feito uma triagem, com aferição de temperatura;
  • Não compartilhar materiais e objetos pessoais nos vestiários, nem toalhas ou sabonetes;
  • Proibido o uso de banheiras e spas nos jogos;
  • Todos os profissionais dos staffs dos clubes deverão usar máscaras durante todo o tempo;
  • O número de profissionais envolvidos na área de competição é limitado a 29 pessoas;
  • Recomenda-se que as delegações fiquem o menor tempo possível nos vestiários, priorizando o aquecimento ao ar livre;
  • Proibida a participação de crianças e mascotes no protocolo de entrada;
  • Suspenso o tradicional cumprimento com aperto de mãos entre jogadores e arbitragem;
  • Sem fotos oficiais das equipes;
  • Distanciamento mínimo de um metro entre os jogadores na entrada e saída de campo;
  • Os reservas deverão utilizar preferencialmente as arquibancadas, ou ocupar os bancos de maneira intercalada, com o uso obrigatório de máscaras também para comissão técnica;
  • Antes de cada jogo, os clubes deverão entregar um termo de responsabilidade assinado onde de comprometem a seguir todas as orientações.
Participe da conversa!
0