Quatorze pessoas, entre jogadores, membros da comissão técnica e integrantes da diretoria do Cascavel CR, foram denunciadas nessa terça-feira (27) pela procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) pela suposta falsificação de testes da Covid-19.

O caso aconteceu na última quinta-feira (22), antes da partida contra o Athletico, na Arena da Baixada, pela quarta rodada do Paranaense.

O clube vai responder nos artigos 191 e 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O primeiro artigo é referente ao não cumprimento do regulamento, enquanto o segundo trata da falsificação de documento.

Já as pessoas físicas envolvidas, como os zagueiros Lapa e Castro, e o meia Gabriel Oliveira, foram denunciadas somente no artigo 234, cuja pena prevê suspensão de seis meses a dois anos e multa de R$ 100 a R$ 100 mil. A Cobra também corre risco de ser multada em até R$ 100 mil no artigo 191.

Além da esfera esportiva, o caso também passou a ser investigado criminalmente. A Polícia Civil já abriu inquérito para apurar as falsificações e responsabilizar os culpados.

Veja a denúncia na íntegra:

Participe da conversa!
0