Após a derrota por 2 a 1 para o Fluminense, nesse sábado (14), em Volta Redonda, o técnico Luiz Felipe Scolari explicou a surpreendente ausência do meia David Terans, principal jogador do Athletico na temporada.

Até então, o clube não havia detalhado oficialmente o motivo da não inclusão do uruguaio entre os relacionados para o jogo pela sexta rodada do Brasileirão. Sem rodeios, Felipão revelou que a decisão foi conjunta.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão e todos os jogos do Athletico

"Foi uma escolha da comissão com o departamento médico. Ele [Terans], nos treinamentos, fez exames que não constataram lesão, mas se constatou edema e ele disse que tinha uma dor do lado direito", disse o comandante.

"Então, era melhor que ele tivesse tempo de recuperação porque temos um jogo decisivo na quarta-feira. É um jogador muito importante, que decide jogos, que tem um posicionamento muito interessante para a equipe. Então, optamos por não trazê-lo", completou.

A expectativa, portanto, é de que o uruguaio esteja pronto para voltar à equipe nesta quarta-feira (18), contra o Libertad, na Arena da Baixada, no jogo mais importante da temporada para o Furacão. Em 2022, Terans soma cinco gols em 15 partidas – 12 delas como titular.

Participe da conversa!
0