Renato Kayzer corre o risco de ficar fora das finais da Copa do Brasil, dias 12 e 15 de dezembro, contra o Atlético-MG. Artilheiro do Athletico na temporada com 12 gols, o atacante sofreu uma entrada forte do lateral Reinaldo no confronto diante do São Paulo, na última quarta-feira (24), pelo Brasileirão (veja o lance).

O jogador passou por exames na última quinta-feira (25) e foi detectada uma lesão no ligamento do tornozelo esquerdo, mas sem fratura. A informação foi divulgada pelo ge e confirmada pelo UmDois. O Athletico divulgou pequena nota, sem detalhes, dizendo que "os exames apontaram uma entorse do tornozelo esquerdo do jogador rubro-negro e descartaram fratura no local".

Kayzer irá fazer tratamento intensivo para as finais contra o Galo, que serão daqui a duas semanas, mas não há garantia que ele tenha condições até lá.

Kayzer precisou ser substituído e deixou o jogo chorando logo aos 13 minutos do primeiro tempo. O árbitro Leandro Pedro Vuaden deu apenas cartão amarelo ao jogador do São Paulo. O VAR não foi acionado. Após a partida, até o técnico são-paulino Rogério Ceni viu o lance passível de expulsão.

O substituto imediato de Kayzer é Guilherme Bissoli, mas o jovem de 23 anos não pode atuar na Copa do Brasil, por já ter entrado em campo no torneio quando estava emprestado ao Cruzeiro. Por isso, o Furacão não tem um centroavante de origem para a decisão. Pedro Rocha, que costuma ser escalado na ponta esquerda, é a principal opção para disputar a decisão contra o Galo.

Participe da conversa!
0