O presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, se irritou com torcedores do clube no amistoso dessa segunda-feira (28), na Arena da Baixada.

Apesar da goleada por 4 a 0 sobre o América-MG, uma parte dos cerca de 6 mil presentes pediu a saída do técnico Alberto Valentim, coro que vem se repetindo há algumas semanas e que se intensificou após a eliminação na semifinal do Paranaense para o Coritiba.

Em vídeo que circula nas redes sociais, o dirigente mostrou o dedo em riste em direção a alguns torcedores, demonstrando irritação com a situação. Em áudio que também vazou no aplicativo de mensagens WhatsApp, Petraglia escancarou seu sentimento.

Confira a tabela da Libertadores

"Se nós dependêssemos de sócios e de torcida, estaríamos igual o Paraná Clube e o Coritiba. Onde é que está a torcida deles? Bando de interesseiros e ingratos. Não temos nenhuma esperança de fazer alguma coisa com torcida. Estou há mais de 25 anos aqui e jamais esperei alguma coisa de torcedor, que é um egoísta e ingrato", afirmou o dirigente, que em novembro de 2021, após a conquista da Copa Sul-Americana, disse que trabalha para a torcida do clube.

Aos 78 anos de idade, Mario Celso Petraglia está à frente do Furacão desde 1995, quase sempre como presidente do Conselho Administrativo ou Deliberativo. Seu único hiato longe do clube aconteceu entre 2009 e 2011.

Participe da conversa!
0