Presidente licenciado e CEO do Athletico, Mario Celso Petraglia comemorou a vitória sobre o Ceará, fora de casa, no último domingo (31).

Segundo o dirigente, o triunfo deve ser celebrado, pois o Furacão alcançou a pontuação necessária para evitar qualquer risco de rebaixamento neste Brasileirão.

“Felizmente chegamos hoje no número mágico para nos mantermos na elite do futebol brasileiro! De todos os anos vividos dentro do Furacão foi o ano que mais sofremos e nos preocupamos!”, escreveu Petraglia em sua conta no Twitter.

“Muitos pelo mau começo não acreditam e torceram contra! Perderam”, complementou.

Em novembro do ano passado, o Athletico chegou a cair para a vice-lanterna da competição, ao perder para o Sport e chegar a sete jogos sem vencer.

Livre da queda, Athletico briga por Libertadores

Historicamente, o “número mágico” para escapar da queda na Série A tem sido considerado 45 pontos. Entretanto, o cálculo pode variar de acordo com a edição da disputa.

Se se livrou do risco de queda após o início ruim, em que chegou a ficar na zona de rebaixamento, o Furacão agora almeja voos maiores.

O Athletico está na 8ª posição, com 45 pontos. Com o título do Palmeiras na Libertadores, no último sábado (30) o G6 da disputa, neste momento, já virou G7, pois o time paulista está entre os seis primeiros.

E a tendência é de abertura de um G8, pois o próprio Palmeiras, atual sexto colocado, disputa a final da Copa do Brasil contra o Grêmio, que está em sétimo.

Se o atual panorama se mantiver no Brasileirão, título de qualquer uma das equipes já bastaria para o G6 virar G8, abrindo espaço para uma possível classificação do Furacão para a Libertadores 2021.

Participe da conversa!
0