O técnico António Oliveira se mostrou satisfeito com o desempenho do Athletico na virada por 2 a 1 sobre o Atlético-GO, neste domingo (20), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da vitória, o treinador classificou o duelo como o “jogo mais difícil até agora” e pediu pés no chão para a torcida.

“Mais uma vez uma vitória justíssima, diante de um adversário de grande qualidade, em um jogo dificílimo que nós tivemos. Na minha opinião, o jogo mais difícil que nós enfrentamos até agora”, analisou em entrevista coletiva.

Oliveira ponderou a necessidade de correção de alguns erros, principalmente na saída de bola, cometidos pelo Furacão.

“Essencialmente, os lances criados pela equipe adversária foram por erros nossos. Sempre que isso aconteceu foi porque nós estávamos em posse e com erro, ação técnica individual, dando essas chances de o adversário ganhar confiança e crescer no jogo”, avaliou.

+ Veja a tabela do Brasileirão

Athletico candidato ao título? Técnico responde

A vitória garantiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao Athletico. Ao ser questionado se o Furacão já pode ser cotado como potencial candidato ao título, o treinador foi contido.

“Não. O Athletico, o grupo todo que eu oriento, é sempre candidato a ganhar o próximo jogo e é dessa forma sustentada, coerente, responsável e séria que iremos trabalhar”, afirmou.

Nessa linha, Oliveira ressaltou a importância de se ter pés no chão.

“É evidente que existe um orgulho e uma satisfação enorme por parte dos torcedores, mas quero deixar a mensagem aqui a eles, de que é bom estarem satisfeitos e viverem esse momento com a mesma intensidade que nós, mas perceberem que o caminho é muito longo, pés sempre no chão para não nos iludirmos. Crescer de forma sustentada, de forma natural”, destacou.

O próximo compromisso da equipe é na quinta-feira (24), às 21h30, contra o Bahia, em Salvador, pela sexta rodada do Brasileirão. O adversário vem de empate sem gols com o Corinthians.

Participe da conversa!
0