O auxiliar e técnico interino do Athletico, Bruno Lazaroni, reclamou da falta de isonomia a respeito da presença de público nos estádios brasileiros. A derrota do Furacão para o Flamengo, neste domingo (3), teve 7.715 torcedores presentes no Maracanã. O protocolo é orientado pelo Estado do Rio de Janeiro e pela prefeitura local, o que na opinião de Lazaroni, acaba sendo prejudicial ao futebol.

“Sou contra a essa falta de isonomia na questão do público. Alguns estados liberam 10%, outros 15%, outros 20%, e acaba não sendo justo para todas as equipes. Mas não tenho dúvida que o retorno do público pode aumentar o ‘fator casa’. Querendo ou não quando você tem o apoio do torcedor ao seu lado você fica ainda mais forte. Pode alterar o panorama da competição”, opinou o auxiliar.

Na última semana, clubes da Série A do Brasileirão definiram a volta do público aos estádios a partir deste final de semana e, entre os 19 presentes no Conselho Técnico, o Athletico foi o único a votar contra o retorno dos torcedores. Na decisão contra o Peñarol, em Curitiba, pela Sul-Americana, o clube manteve o estádio fechado mesmo com a liberação da prefeitura e da Conmebol.

A torcida espera até o próximo sábado (9), data do próximo jogo do Furacão em casa contra o Bahia, novidades sobre a volta da torcida na Baixada. Enquanto isso, o novo técnico, Alberto Valentim, se prepara para assumir o comando na tentativa de quebrar o jejum do Athletico como visitante. Comissão técnica e funcionários do clube tem ajudado como podem na adaptação do novo treinador.

Veja a classificação do Brasileirão!

“O Alberto é um excelente treinador, uma excelente pessoa. Vamos tentar de todas as maneiras fazer com que ele conheça o grupo o mais rápido possível. Já conhece o clube, teve uma história bonita aqui como jogador. Vamos tentar ambientá-lo, tentar fazer com que ele se sinta confortável e consiga desempenhar todo o trabalho dele”, disse Lazaroni na coletiva pós-jogo.

Valentim começa a trabalhar efetivamente nesta segunda-feira (4). O próximo jogo do Athletico é na quarta-feira (6), pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético Goianiense no Estádio Antônio Accioly, às 19 horas.

Participe da conversa!
0