Com uma atuação consistente, o Athletico venceu o Bahia de virada por 2 a 1, nesta quarta-feira (22), pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O grande destaque da partida foi Khellven que, depois de decidir o clássico com o Coritiba, deu as duas assistências para os gols de Christian e Pedro Rocha. Os baianos marcaram de falta, com Lucas Mugni.

+Veja como foi o tempo real de Bahia 1x2 Athletico

Com a vitória, o Furacão alcançou dez jogos de invencibilidade na temporada. A melhor sequência do time desde o ano passado, em que ficou 11 partidas sem perder, também entre maio e junho.

Com o Rubro-Negro em vantagem, os times decidem quem avança às quartas de final apenas no dia 12 de julho, às 20h30, na Arena da Baixada. O classificado garante R$ 3,9 milhões. O time atleticano joga pelo empate para se classificar.

Pelo Brasileirão, o Athletico volta a campo neste sábado (25), às 16h30, contra o Bragantino, em Curitiba.

Athletico vira no primeiro tempo e segura Bahia na Fonte Nova

O jogo começou fulminante. Logo aos três minutos, Rodallega aproveitou erro de Christian e sofreu falta na entrada da área. Lucas Mugni cobrou direto e Bento não conseguiu salvar.

O Furacão, marcando a saída de bola do adversário, respondeu rápido. Aos nove, Khellven recebeu pela direita e cruzou na medida para Christian marcar.

A virada também veio pela direita. Khellven, o grande destaque do primeiro tempo, aproveitou uma escorregada de Luiz Henrique, invadiu a área e rolou para Pedro Rocha mandar para o gol. O Furacão foi para os vestiários em vantagem.

Atrás no placar, o Bahia voltou ligado. Rodallega recebeu na área e bateu para defesa de Bento. Na sequência, Rezende cruzou na área, o goleiro atleticano cortou parcialmente, mas, no rebote, Danielzinho, chutou travado. Faltou tranquilidade aos donos da casa.

O Rubro-Negro, por sua vez, foi bem defensivamente. Segurou as investidas do rival e apostou nos contra-ataques, mas não conseguiu encaixar nenhum para ampliar.

A grande chance para aumentar o placar foi de Pedrinho. O lateral tabelou com Matheus Babi, chutou da pequena área, mas o goleiro Danilo Fernandes fez uma grande defesa. O Athletico conseguiu um ótimo resultado para sair em vantagem no confronto das oitavas de final.

"Mais uma grande partida da nossa equipe. Sabemos que não tem nada definido ainda, a equipe do Bahia é muito qualificada. Sabemos também que é um bom resultado, mas nada decidido ainda", resumiu Khellven na saída do gramado, em entrevista à Amazon Prime.

Ficha técnica

COPA DO BRASIL
Bahia 1x2 Athletico
Oitavas de final - Copa do Brasil - ida


Bahia: Danilo Fernandes; Borel, Ignácio e Luiz Otávio e Luiz Henrique (Djalma Silva); Patrick (Jacaré), Rezende e Lucas Mugni (Falcão); Danielzinho, Matheus Davó (Raí) e Rodallega. Técnico: Guto Ferreira.

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Christian (Erick) e David Terans (Léo Cittadini); Tomás Cuello, Pedro Rocha (Pedrinho) e Pablo (Matheus Babi). Técnico: Felipão.

Local: Arena Fonte Nova (Salvador-BA).
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC).
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (FIFA-RJ).
Gols: Mugni, 3, Christian, 9, e Pedro Rocha, 31 do 1º.
Amarelos: Jacaré, Rezende, Danielzinho, Borel, Guto Ferreira e Rodallega (BAH); Hugo Moura e Nico Hernández (CAP).
Público total: 20.484
Renda: R$ 345.634,00

Participe da conversa!
0