O atacante Carlos Eduardo acredita que o Athletico ainda pode sonhar em disputar a Libertadores de 2021. Com a vitória sobre o Vasco por 3 a 0, no último domingo (27), o Furacão abriu uma distância de seis pontos para a zona de rebaixamento.

“Com toda certeza (é possível sonhar com uma vaga na Libertadores) . É se afastar lá de baixo, mas creio que em dois, três jogos podemos pensar grande. Temos um elenco para isso”, disse, o jogador, em entrevista coletiva.

Atualmente, o time rubro-negro está a dez pontos do Palmeiras, primeiro time dentro da zona de acesso para a competição, na sexta colocação. Mas a equipe alviverde ainda tem um jogo a menos. Porém, o G6 pode virar G8, dependendo dos campeões da Libertadores e da Copa do Brasil. Neste caso, a distância é de cinco pontos para o Santos, o oitavo, com 39.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Um caminho para isso é a melhora do rendimento do ataque do Athletico. Autor dos dois dos três gols da equipe contra os cariocas, Carlos Eduardo vive sua melhor fase no Furacão, com boas atuações e seis gols no ano, depois de um início conturbado e de muita cobrança por parte do torcedor.

“A gente sabe que o ataque vem crescendo, sabemos do potencial de todos. Estamos preparados para tudo. É importante ter um coletivo. Pode ver que no último jogo quem marcou foi o Kayzer. Desta vez fui eu e o Nikão”, concluiu Cadu.

No entanto, o Rubro-Negro segue com um dos piores ataques do Brasileirão, o terceiro, empatado com o Atlético-GO e o Fortaleza, com apenas 24 gols marcados. O próximo desafio só acontece no ano que vem, no dia seis de janeiro, contra o Botafogo, vice-lanterna, no estádio Nilton Santos.

Participe da conversa!
0