A vitória do Athletico contra o Botafogo, por 2 a 0, no Engenhão, deixou o time a sete pontos do G-6 - o Palmeiras tem 44. Restam dez jogos para o término do Brasileirão.

Em 10º lugar, agora com 37 pontos, o Furacão abriu nove de distância do Vasco, que é o 17º, na porta do Z-4. O número "mágico" para se salvar da queda é de 45 pontos.

O Rubro-Negro precisa, portanto, de mais oito pontos, ou seja, pelo menos duas vitórias e um empate – ou três vitórias para ultrapassar a meta para escapar do rebaixamento.

Atualmente, o Athletico está na zona de classificação para a Sul-Americana, que vai do sétimo ao 12º colocado. Para disputar novamente a Libertadores, a projeção é de aproximadamente 57 pontos.

O técnico Paulo Autuori, por enquanto, projeta jogo a jogo do Athletico, que faz uma campanha de recuperação no returno. A equipe conquistou 18 pontos nos últimos nove jogos válidos pelo segundo turno, com seis vitórias (Fortaleza, Goiás, Santos, Bragantino, Vasco e Botafogo) e três derrotas (Palmeiras, Fluminense e Atlético-MG).

"Primeiro é pensar no jogo seguinte e ganhar. Depois, o que vai acontecer daí para frente depende do que nós produzirmos", disse o técnico em entrevista coletiva.

Autuori ainda garantiu que não estava preocupado com o risco de rebaixamento. No primeiro turno, a equipe teve apenas cinco vitórias, com 33% de aproveitamento.

"Eu não estava preocupado quando cheguei aqui porque sei das condições que o clube oferece, do potencial, e o grupo de trabalho que tenho", argumentou.

"É um grupo que, quando tem tempo, e está envolvido numa atmosfera e ambiente propício para se criar um clima e um nível competitivo alto, certamente iria dar a resposta. Ganhamos apenas os três jogos, nada mais do que isso. Temos que pensar no próximo jogo", prosseguiu.

Athletico volta a campo no clássico contra o desesperado Coritiba

O Athletico volta a campo no clássico contra o Coritiba, no próximo sábado (09), no Couto Pereira. O Atletiba está marcado para as 19h, em jogo válido pela 29ª rodada. O rival vem de derrota para o Goiás, por 2 a 1, em casa, e está afundado na zona de rebaixamento.

"É um clássico, não tem momento bom de um ou mau de outro. No clássico tudo se iguala. Isso é muito claro", enfatizou Autuori.

"Eu não vou deixar em nenhum momento que a gente perca isso de vista e que entremos em campo respeitando o adversário. E a melhor maneira de fazer isso se faz jogando nos limites técnico, tático e mental. É essa a nossa exigência", emendou.

O Athletico vem de três vitórias seguidas, contra Bragantino (1 a 0), Vasco (3 a 0) e Botafogo (2 a 0). Autuori disse que o time está perto de cegar ao objetivo traçado, mas mantém os pés no chão.

"Estamos a apenas um jogo de alcançar a meta que havíamos proposto, de ganhar os quatro jogos, somar 12 pontos e alcançar os 40", analisou.

Os últimos dez jogos do Athletico:

29ª rodada: Coritiba x Athletico
30ª rodada: Athletico x São Paulo
31ª rodada: Bahia x Athletico
32ª rodada: Athletico x Flamengo
33ª rodada: Ceará x Athletico
34ª rodada: Athletico x Internacional
35ª rodada: Corinthians x Athletico
36ª rodada: Athletico x Athletico-GO
37ª rodada: Grêmio x Athletico
38ª rodada: Athletico x Sport

Participe da conversa!
0