O Athletico entrou com uma Notícia de Infração no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na tarde desta quinta-feira (28), contra os atletas Gabigol e Arrascaeta, ambos do Flamengo, e também contra o próprio clube carioca por conta de infrações cometidas pelos jogadores na partida da última quarta-feira, no Maracanã.

O Furacão ressalta que as atitudes da dupla flamenguista não foram punidas em campo pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira e descreve os lances ocorridos. "...irritado, Gabriel, já fora do lance, agrediu o seu adversário, Fernandinho, mediante um chute com sua perna esquerda, que atingiu também a perna esquerda de seu oponente", destaca parte do documento do Athletico.

+ Confira os confrontos da Copa do Brasil

O clube também ficou na bronca com um carrinho cometido pelo uruguaio Arrascaeta contra o volante Erick. "Já aos 45” da segunda etapa, quando o atleta nº 26 do Athletico, Erick, partia em velocidade para um contra-ataque da equipe visitante, De Arrascaeta, atleta nº 14 do Flamengo, promove um carrinho com a sola da chuteira do seu pé direito sobre o tornozelo direito de seu oponente, sem, em momento algum, objetivar a bola", registra o Athletico.

Arrascaeta.
Arrascaeta.| Marcelo Cortes

Com isso, o Furacão pede a punição a Gabigol por agressão - suspensão de quatro a 12 jogos -, a Arrascaeta por praticar jogada violenta - uma a seis partidas - e ao Flamengo, clube ao qual os atletas estão vinculados - multa de até R$ 10 mil.

CBF afasta árbitros envolvidos em Flamengo x Athletico

Ainda nesta quinta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afastou o árbitro Luiz Flávio de Oliveira e o árbitro de vídeo Wagner Reway após análise da Comissão de Arbitragem sobre os lances polêmicos do jogo entre Flamengo e Athletico.

Participe da conversa!
0