Autor do primeiro gol da seleção brasileira na goleada sobre o Peru, por 4 a 0, pela Copa América, Alex Sandro falou sobre a disputa pela titularidade com Renan Lodi na lateral esquerda.

Após a partida, o jogador da Juventus-ITA citou a origem de ambos no Athletico.

"É uma disputa sadia, somos amigos. Viemos do mesmo clube, o Athletico Paranaense, então tem esse carinho entre a gente. Eu, quando tenho a oportunidade, penso em demonstrar o meu melhor, assim como ele também. Dependendo da partida, o treinador vai usar o jogador de acordo com as suas características", disse o lateral ao SBT.

Uma das novidades do time, Alex Sandro abriu o placar aos 11 minutos de jogo, aproveitando belo passe de Gabriel Jesus dentro da área adversária. Concorrente, Renan Lodi foi acionado pelo técnico Tite aos 31 minutos do segundo tempo, entrando justamente no lugar de Alex Sandro.

+ Veja a tabela da Copa América

Alex Sandro esteve no CT do Caju dos 14 aos 20 anos e passou por todas as categorias de base até chegar ao profissional. Em 2010, o Rubro-Negro vendeu 70% dos direitos econômicos do jogador por 2,2 milhões de euros, na época, a um grupo de investidores. Na sequência, ele defendeu o Santos e depois se transferiu para o Porto-POR. Em 2015, ele foi comprado pela Juventus-ITA, clube que defende até hoje.

Renan Lodi chegou ao Athletico com 13 anos, no time sub-15, e foi promovido como profissional em 2016. Ele foi vendido ao Atlético de Madrid-ESP em junho de 2019. A transferência foi em torno de 20 milhões de euros na época. No mês passado, o lateral foi campeão espanhol sob o comando de Diego Simeone.

+ Estreia de Renan Lodi na Copa América rende milhões ao Athletico

Renan Lodi foi vendido pelo Furacão ao Atlético de Madrid em junho de 2019
Renan Lodi foi vendido pelo Furacão ao Atlético de Madrid em junho de 2019| Albari Rosa/Arquivo Gazeta do Povo

Com 100% de aproveitamento na Copa América e líder isolado do Grupo B com seis pontos, o Brasil folga na próxima rodada e volta a campo apenas na quarta-feira, dia 23, às 21h, para enfrentar a Colômbia, novamente no Engenhão.

Participe da conversa!
0