Um grupo de torcedores do Paraná, intitulado "Gralha Marx", fez uma ação para arrecadar recursos para o pagamento de salários atrasados dos jogadores e comissão técnica do clube.

Uma placa com o nome do grupo foi instalada na Vila Capanema, na última quarta-feira, como forma de apoio ao elenco paranista, que tem sofrido com os atrasos de pagamentos nos últimos meses. "O time da favela", diz a placa.

Veja a tabela da Série C

A Gralha Marx não divulgou o valor investido para ter a placa no Estádio Durival Britto e exaltou que não irá "desistir de apoiar o time mesmo nesse momento delicado".

Fundada em 2013, a Gralha Marx se autodenomina uma torcida de esquerda.

A torcida diz ser "contra o racismo, homofobia, machismo e demais preconceitos". E também se define como "torcedores do Paraná com posições políticas de esquerda: histórica, luta de classes, socialismo, anti-imperialista e anticapitalista".

O Paraná está praticamente rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, a equipe paranista enfrenta o Novorizontino, fora de casa, pela penúltima rodada da Série C.

Participe da conversa!
0