Apesar do rebaixamento para a Série C, o Paraná teve no lateral-direito Paulo Henrique uma das suas principais peças na Segundona. De acordo com levantamento do canal de estatísticas SofaScore, o jogador foi o destaque da posição na competição, com números expressivos em desarmes, dribles certos e interceptações.

Valorizado, o lateral de 24 anos entrou na mira do Juventude, que disputa o Brasileirão nesta temporada. O acerto está praticamente confirmado e a tendência é que o clube gaúcho pague uma quantia ao Tricolor, que pode ajudar a sanar os atrasos salariais de 2020 ainda na Vila Capanema.

"Tive números muito bons na Série B. Individualmente, foi um ano proveitoso, alcancei o que ainda não tinha na minha carreira, como disputar a Série B. Coletivamente, não foi o que imaginávamos e fico triste com isso. Mas, fico feliz com a parte individual", diz Paulo Henrique ao UmDois Esportes.

Paulo Henrique foi o destaque de sua posição na Série B. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes.
Paulo Henrique foi o destaque de sua posição na Série B. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes. | Albari Rosa/Foto Digital/UmDois

"Mesmo com as coisas negativas, os torcedores me abraçaram e sou muito grato por isso. Fico com uma eterna gratidão. O clube me abriu as portas e fomos juntos até o fim. Fica o meu abraço. O Paraná ganhou um torcedor e vou sempre torcer pelo melhor dessa equipe", conclui o jogador.

Paulo Henrique realizou 44 partidas com a camisa do Paraná na última temporada, marcou um gol e deu três assistências.

Participe da conversa!
0