O novo presidente do Paraná, Rubens Ferreira, o Rubão, concedeu a primeira entrevista coletiva à imprensa após a sua posse nesta segunda-feira (20), na Vila Capanema.

Rubão esteve ao lado dos demais integrantes da nova diretoria, Ailton Barboza de Souza, 1º vice-presidente, Flávio Zonta, 2º vice-presidente, além de Helton Mercer Caron e Fernando Cezar Karpinski como membros.

O comandante falou sobre a situação crítica do Paraná durante quase duas horas, sobre a importância de investir e usar mais as categorias base, sobre o planejamento de futebol e pediu para que a torcida se associe.

Ferreira ressaltou ainda que a maioria do elenco atual deve permanecer - o clube tentará encaminhar um grupo para 2022 até o dia 10 de novembro - e disse que vai conversar com Coritiba e Athletico para buscar parcerias.

"Vamos usar parte deste elenco. Os jovens foram jogados aos leões. Existia o elenco, e foi se desmanchando. Temos que usar esses meninos das categorias de base. Vamos esperar acabar o campeonato, mas queremos até o dia 10 de novembro ter o elenco montado", afirmou o novo presidente.

Vale lembrar que o Paraná só terá calendário em janeiro ou fevereiro do ano que vem, com o início do Campeonato Paranaense.

"Não tenho receio de bater nas portas do clubes. Na quinta-feira, vou visitar o presidente do Coritiba. Depois, vou visitar o presidente do Athletico. Clubes mineiros, paulistas. Vamos manter os contatos com as diretorias de outros clubes do Brasil para trazer peças para nos reforçar", ressaltou Rubão.

"Antes de assumir, mantivemos contato com presidente do Coritiba, que disponibilizou os atletas. Não foi possível trazer no momento, por análise de desempenho e características de elenco. Estamos esperando terminar essa Série C para conversar com eles e levar situações que atletas que precisamos. Começamos pelo Coritiba porque temos uma boa relação", completou.

Casinha não terá cargo na gestão

Casinha. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo.
Casinha. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

Rubens Ferreira ainda confirmou que Luiz Carlos Casagrande, o Casinha, não terá cargo na nova diretoria. As partes ainda não conversaram porque o funcionário e sua esposa estão se recuperando da Covid-19.

"Eu já vi muitos torcedores dizendo: 'se o Casinha sair do clube amanhã, eu me associo'. O Casinha hoje só é funcionário do clube. Assim que ele estiver disponível, vamos conversar. Mas ele não estará em nenhum cargo do clube na minha gestão", declarou.

O Tricolor teve seu rebaixamento confirmado para a Série D no último fim de semana, antes mesmo de entrar em campo com a vitória sobre o São José. O Paraná ainda joga no próximo sábado (24) contra Oeste, às 17h, na Vila Capanema, pela Série C. Depois disto, ficará sem calendário até o início do Paranaense.

Participe da conversa!
0