Há cinco anos, o Operário vencia o Globo-RN e se tornava campeão da Série D do Campeonato Brasileiro, o primeiro clube paranaense a conquistar esse título nacional.

Naquela temporada, o clube ainda disputava a Divisão de Acesso do Paranaense no mesmo período e teve que priorizar uma das competições. Com isso, o Fantasma acabou não subindo no Estadual, mas faturou o acesso para a Série C e, na sequência, chegou ao segundo escalação do futebol nacional, onde está até hoje.

O clube de Ponta Grossa pode servir como uma fonte de inspiração para o Paraná Clube, que acabou sendo rebaixado no Campeonato Paranaense e iniciou a sua saga na disputa da Série D no último fim de semana, com um empate sem gols frente ao Oeste, em Barueri.

+ Confira a tabela da Série D

Em entrevista ao UmDois Esportes, o técnico do Operário naquela temporada, Gerson Gusmão, relembrou a conquista e destacou que o clube teve que optar por uma das competições.

"Nós não tivemos êxito no Paranaense, pois estávamos em meio à disputa da Série D. Nós entendemos que, naquele momento, seria a única maneira de o clube conquistar um calendário. Nós passamos isso para os atletas e eles entenderam o propósito", relembra o treinador, atualmente no Botafogo-PB.

As dificuldades da Série D

Gerson Gusmão.
Gerson Gusmão.

Gerson Gusmão destaca também as dificuldades da competição e ressalta que o "fator casa é fundamental para que o clube possa garantir a possibilidade de decidir os duelos do mata-mata em seu território".

"A Série D é uma competição que é bem mais difícil, muito longa e com muito mais times. Você precisa a cada fase ter êxito. É importante que a equipe tenha conhecimento da competição. São muitos jogos truncados e o fator casa é fundamental. É um campeonato muito duro e tem que dar 100% em todas as fases para conquistar o objetivo", frisa o técnico.

Na ocasião, o Operário disputou 16 partidas, venceu 11, empatou apenas uma vez e perdeu quatro confrontos.

Como funciona a Série D de 2022?

O Paraná está no Grupo 7 da Série D de 2022, ao lado de outros sete clubes. Na primeira fase, as equipes se enfrentam em jogos de turno e returno. Para garantir vaga na segunda fase, início do mata-mata, o Tricolor precisa estar entre os quatro primeiros do seu grupo.

Na sequência, vem as disputas das oitavas de final e quartas de final, onde serão definidos os quatro classificados para a Série C de 2023.

Participe da conversa!
0