Faltando apenas quatro rodadas para o fim da Série B, o técnico Márcio Coelho, do Paraná, garante que não faz projeções matemáticas para o time na luta contra o rebaixamento. Nesta terça-feira (12), o Tricolor bateu por 2 a 0 o CSA, na Vila Capanema, e chegou a 36 pontos. Porém, a equipe segue na área da degola, na 17ª colocação.

“Hoje eu não faço conta. Não vou ficar preso no futuro. Quando vim pra cá, muita gente me chamou de louco, falou que o Paraná já estava rebaixado. Eu acredito muito que tem que vivenciar dia a dia”, afirmou o ex-Figueirense.

Confira a classificação completa da Série B

Um número mágico que garantiria o Paraná na Segundona é a soma de 45 pontos, ou seja, o time teria que conseguir nove dos 12 pontos que restam em disputa. Entretanto, os concorrentes da parte de baixo da tabela estão ajudando o Tricolor e, com isso, será possível que a equipe paranista se salve com uma soma menor.

O time encara o Sampaio Corrêa, na sexta-feira (15), no Maranhão, em mais uma decisão. “Não podemos gastar energia apenas em possibilidades. Tenho focado que a nossa conta é o próximo jogo. Temos que somar os três pontos contra o Sampaio”, arrematou.

Participe da conversa!
0