O técnico Omar Feitosa admitiu que o Paraná não foi bem contra o Cianorte, jogo em que conheceu sua primeira derrota na Série D. O treinador assumiu a culpa pelos erros cometidos, mas disse que a equipe não pode desistir do que vinha fazendo dentro da competição.

Antes da derrota, o Tricolor vinha de oito jogos de invencibilidade, agora soma dois jogos sem vencer. Apesar disto, o time segue na segunda posição do Grupo 7, com 16 pontos - a seis do quinto colocado.

"A classificação encaminhada é só quando ela acontece. Eles sabem que nós não temos nada ainda na nossa mão. Contra o Santo André, nosso sistema defensivo, teve problemas. E hoje [sábado] tivemos de novo. A gente cometeu erros na transição defensiva. Vamos ter que treinar mais. Nós cometemos os erros. E por que cometemos? Porque talvez eu tenha falhado em algum momento da semana, na preleção, na escalação do time. E o meu papel aqui agora é fixar, dar consistência aos conceitos", declarou Feitosa.

+ Veja a tabela completa da Série D e os próximos jogos do Paraná

O treinador identificou alguns pontos que precisam ser corrigidos para a sequência da competição. Feitosa quer a recuperação durante a semana para a equipe buscar novamente uma vitória contra o Pérolas Negras, que acontece no sábado (18), às 16h, na Vila Capanema.

"Temos que ter uma construção de jogadas mais rápidas e melhorar as nossas escolhas. Nós não podemos sucumbir com uma derrota. Temos que identificar os erros e vir buscar contra o Pérolas Negras a pontuação necessária para a classificação. E isso é trabalho da comissão técnica", disse.

"É fazer os jogadores entenderam que existe uma maneira que jogar defensivamente e ofensivamente. Mas são dois jogos que tomamos gols antes dos 15 minutos. Tem alguma coisa errada e temos que organizar. A oscilação de atuação da equipe, tem uma certa naturalidade, mas não se pode sucumbir. Hoje, não fizemos uma boa atuação, mas não merecíamos perder", acrescentou ele.

Participe da conversa!
0