Há quase um mês na gerência do departamento de futebol do Paraná, Arthur Ferreira, tem procurado ao máximo blindar o elenco do Tricolor neste momento complicado em que o clube vive - com grave crise financeira e afundado na zona de rebaixamento da Série C.

Em entrevista exclusiva ao UmDois Esportes, o dirigente lamentou a forma como o Paraná vem sendo administrado e pediu o apoio dos torcedores.

+ Confira a tabela da Série C

"Infelizmente não tenho conseguido colocar em prática todas as ações e mudanças que vejo como necessárias para o clube, devido à hierarquia e forma de administração do clube. O clube passa por um momento turbulento, com situação financeira complicada, mas tenho a confiança de que estando todos em harmonia, o Paraná conseguirá dar a volta por cima e sair da situação incômoda em que se encontra", disse Arthur.

O gerente de futebol explicou como o departamento vem atuando no último mês, afirmando que o clube está "engessado".

"No formato atual, onde o clube se encontra em parceria, foi criado um Comitê de Gestão Compartilhada, formado por quatro membros (Marcelo Nardi, Marcelo Guatura, Evandro Rocha e eu), que decidem em votação sobre as contratações e dispensas dos jogadores e comissão técnica do clube. Isso, de certa forma, tem “engessado” algumas contratações que considero necessárias para o clube", frisou o gerente.

Arthur Ferreira chegou ao Paraná por intermédio da parceria com a FDA Sports. Anteriormente, o gerente atuava no São Paulo Crystal-PB.

Participe da conversa!
0