Rafael Nadal se posicionou em relação à polêmica envolvendo Novak Djokovic.

O número do 1 mundo foi barrado no aeroporto em Melbourne, teve o visto cancelado e pode ter de deixar a Austrália.

Para o espanhol, o sérvio sabia das consequências pela decisão de não se vacinar contra a Covid-19.

"Ele estaria aqui sem problemas se quisesse, mas seguiu outro caminho, tomou as suas próprias decisões, como todos são livres para fazer, mas isso traz consequências", afirmou Nadal, após vencer Ricardas Berankis, da Lituânia, pelo ATP 250 de Melbourne, que serve de preparação para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano.

"É claro que não gosto da situação e, de certa forma, tenho pena dele, mas, ao mesmo tempo, ele conhecia as regras há muitos meses e tomou sua decisão", continuou o atual sexto colocado do ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais).

"O que está acontecendo não é bom para ninguém e é uma situação complicada, mas o que posso dizer é que se você está vacinado pode jogar o Aberto da Austrália ou qualquer outro torneio. Já sofremos o suficiente para não seguirmos as regras. Caso não queira se vacinar, você vai enfrentar alguns problemas", encerrou Nadal.

Participe da conversa!
0