O Operário voltou a vencer depois de cinco jogos de tropeços e a eliminação nas semifinais do Paranaense no meio de semana. Depois de sair atrás no placar, o Fantasma encontrou forças em bolas cruzadas na área para virar sobre o Brasil de Pelotas e vencer o jogo desta manhã de sábado (10) por 2 a 1, no Germano Krüger, pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Leandro Vilela, com uma linda puxeta, e Fábio Alemão, de cabeça, marcaram os gols da vitória do Operário, ambos no segundo tempo. O Brasil de Pelotas saiu na frente ainda na etapa inicial, pouco depois de um pênalti desperdiçado por Ramon, defendido por Simão.

Com o resultado, o Operário chega a 15 pontos em dez partidas e assume o oitavo lugar da Série B, ficando a apenas dois do G-4. Já o Brasil de Pelotas estaciona nos sete pontos e continua na zona de rebaixamento, no 18º lugar da tabela.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira (13), pela 11ª rodada da Série B. O Operário visita o Londrina no estádio do Café, às 21h30 (de Brasília), enquanto o Brasil de Pelotas encara o Vila Nova no OBA, às 16h.

+ Confira a tabela de classificação da Série B

Sem o trio de ataque titular, todo lesionado, o Operário viu seus problemas ofensivos aumentarem logo aos 15min de jogo, quando Paulo Sérgio sentiu uma lesão na perna e precisou ser substituído – Schumacher entrou em seu lugar.

Além da dificuldade para criar e finalizar, o Operário quase ficou atrás no placar aos 25min, quando, depois de uma bola espirrada no meio-campo, Luiz Fernando entrou em velocidade na área e foi derrubado por Simão. Pênalti. Mas o goleiro, que no intervalo admitiu ter demorado para sair do gol, recuperou-se e defendeu a cobrança de Ramon, no canto direito rasteiro.

Nem mesmo a empolgação pelo pênalti defendido melhorou o Operário, que seguiu com dificuldades. Depois do intervalo, o Brasil de Pelotas voltou melhor e, depois de uma bola mal dominada por Rafael Oller na lateral, Gabriel Terra invadiu a área com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para Fabrício, da pequena área, completar para as redes aos 6min. 1 a 0.

Leandro Vilela comemora gol de empate do Operário. Crédito: André Jonsson/OFEC
Leandro Vilela comemora gol de empate do Operário. Crédito: André Jonsson/OFEC| JONSSON

Sem conseguir criar pelo chão, o Operário passou a apostar mais nas bolas pelo alto, e deu certo. Depois de cruzamento de Tomas Bastos pela direita, a bola ficou "pipocando" na área e Leandro Vilela, com muita categoria, deu uma puxeta para deixar tudo igual, aos 24min. 1 a 1.

O futebol do Fantasma ainda não era dos melhores, mas, na raça, o time da casa conseguiu a virada no Germano Krüger, novamente pelo alto. Em uma jogada ensaiada, Lucas Mendes cobrou falta pela direita e Schumacher subiu mais que todo mundo na área para cabecear para o chão e balançar as redes -- a bola ainda bateu no travessão antes de entrar. 2 a 1, placar final que dá mais tranquilidade para o técnico Matheus Costa.

Ficha técnica

SÉRIE B
10ª Rodada
10/07/2021

Operário 2 x 1 Brasil de Pelotas

Operário: Simão; Alex Silva (Lucas Mendes), Fábio Alemão, Reniê e Djalma Silva; Leandro Vilela, Tomas Bastos (Pedro Ken) e Leandrinho (Marcelo); Rafael Oller (Thomaz), Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio (Schumacher). Técnico: Matheus Costa

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Thalys, Ícaro, Héverton e Kevin; Rômulo, Wesley (Denilson), Luiz Fernando (Welinton) e Gabriel Terra (Lucas Santos); Ramon (Bruno Matias) e Fabrício (Júnior Viçosa).Técnico: Cláudio Tencati

Gols: Fabrício, 6'/2ºT (BRA), Leandro Vilela, 24'/2ºT (OPE), Fábio Alemão, 34'/2ºT
Cartões amarelos: Fábio Alemão, Alex Silva, Schumacher (OPE), Fabrício (BRA)
Local: Estádio Germano Krüger (Ponta Grossa)
Horário: 11h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Helcio Araújo Neves (PA) e Rafael Ferreira Vieira (PA)

Participe da conversa!
0