Morreu na manhã deste sábado (27) o jornalista esportivo e narrador Paulo Stein, aos 73 anos, após não resistir às complicações da Covid-19. O jornalista havia sido internado na última quarta-feira (24), ao apresentar sintomas do novo coronavírus.

Stein receberia a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na última sexta-feira (26), no entanto, já estava internado e acabou não resistindo à doença. Em nota, a Associação dos Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) lamentou a morte de Stein.

“A Acerj lamenta informar que morreu neste sábado, dia 27, o jornalista Paulo Stein, 73 anos, por complicações da Covid-19, no hospital Anchieta, no Caju. Referência do jornalismo esportivo, Paulo Stein será cremado no Caju na tarde desde domingo, na presença apenas da família”, escreveu a entidade.

Paulo Stein fez longa carreira em diversos veículos de imprensa, tendo trabalhado no Jornal dos Sports, Estado de São Paulo, Rádio Tupi, Rádio Nacional, TV Bandeirantes e Rede Manchete, onde teve o maior destaque da carreira.

Além destes, Stein também trabalhou na Record, Rede TV, TVE Brasil, ESPN Brasil e nos canais Globo e SporTV, de onde saiu no final de 2019. Stein também era entusiasta do Carnaval do Rio de Janeiro, tendo sido uma das vozes famosas do evento, além de ter trabalhado também nos Carnavais de São Paulo e Salvador.

Participe da conversa!
0