A contratação de Lionel Messi pelo PSG, confirmada no último dia 10, parou o mundo do futebol. Com um contrato de dois anos, o argentino se junta aos craques Neymar, Mbappé, Sérgio Ramos e tantos outros grandes nomes do clube francês.

O impacto de sua contratação já pôde ser vista logo em que apareceu em Paris. Foram mais de 800 mil camisas vendidas em apenas um dia.

Foram mais de 100% de busca por produtos online e crescimento de 145% no token de criptomoeda do clube. O termo PSG foi citado por mais de 16 milhões de pessoas somente no primeiro dia da contratação, sendo o período com maior procura pelo termo na história do Google - mais que na final da Champions.

"O 'efeito Messi' tem resultados gigantescos. A chegada de Messi ao Paris pode proporcionar novos negócios, com acordos globais ou regionais, desenvolvimento de novos produtos, protagonismo nas negociações contratuais e de acordos de patrocínio e transmissões, etc. A concentração de craques no PSG é uma oportunidade real para o clube se tornar líder em um mercado onde antes era um outsider", comenta Bruno Brum, CMO da agência de marketing esportivo End to End.

Além das cifras milionárias fora de campo, a chegada de Messi ao PSG qualifica o clube para as disputas das principais competições europeias.

"O PSG busca aumentar seus domínios em campo, na luta por um título do tamanho da Champions. A partir de agora o Paris Saint-Germain tem mais “prateleiras" pra apresentar seus produtos e criar conexões. O grande impacto é que o mundo estará olhando pra eles a partir de agora", ressalta Bruno.

Participe da conversa!
0