Mais um caso de racismo aconteceu no futebol. Neste sábado (17), ao longo do empate do Londrina em 0 a 0 com o Goiás, o comentarista Vinícius Silva e o narrador Romes Xavier, da Rádio Bandeirantes, de Goiânia, falaram do cabelo do meia Celsinho, do Tubarão, de forma preconceituosa e pejorativa.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, o narrador disse que Celsinho devia estar com dificuldade de se levantar por conta do peso do cabelo, quando Vinícius Silva fez o comentário.

"Parece mais uma bandeira de feijão a cabeça dele do que um verdadeiro cabelo. Não é porque eu estou perdendo os cabelos que eu vou achar um negócio imundo desse bonito", disse ele.

No final da noite, o Londrina se manifestou nas redes sociais, repudiando a atitude dos jornalistas. Mais tarde, tanto o narrador, quanto o comentarista, se pronunciaram pedindo desculpas.

Celsinho não se pronunciou diretamente sobre o caso, mas em sua conta no Instagram repostou diversos stories em solidariedade a ele pelo acontecido.

Apoio de outros clubes

Nas redes sociais, outros clubes prestaram solidariedade pelo lamentável fato. Paraná e Vasco, por exemplo, fizeram postagens no Twitter.

Confira a nota completa do Londrina sobre o caso de racismo contra Celsinho:

"O LONDRINA vem a público manifestar o seu profundo repúdio quanto ao ato de racismo praticado pelo narrador Romes Xavier e o comentarista Vinicius Silva, da Rádio Bandeirantes de Goiânia, em face do meia Celsinho, na transmissão da partida contra o Goiás.

Os referidos profissionais caçoaram do cabelo do meio campista, ao usarem palavras como: "cabelo pesado demais", "bandeira de feijão" e "negócio imundo".

É inadmissível e lamentável, veemente, que tais comunicadores, formadores de opinião, propaguem atos de racismo! Em verdade, o racismo é inadmissível em qualquer situação, lugar, fala e deve ser lutado diariamente, por todos!

Com certeza as medidas serão tomadas, contudo, cabe a nós entender que não basta não ser racista, é necessário ser ANTIRRACISTA!

RACISMO NÃO! Essa luta é nossa!

Participe da conversa!
0