Um lance no primeiro tempo marcou o empate entre Argentina e Brasil por 0 a 0, no estádio Bicentenário, em San Juan, pela 14ª rodada das Eliminatórias. O zagueiro argentino Otamendi deu uma cotovelada no atacante Raphinha, em um lance de ataque da seleção (veja a agressão).

Veja como foi o tempo real de Argentina x Brasil!

O jogador brasileiro caiu no gramado com a boca sangrando, mas o árbitro uruguaio Andres Cunha não marcou nem falta. Mesmo com o VAR, comandado pelo também uruguaio Esteban Ostojich, o árbitro não foi chamado para rever o lance e expulsar Otamendi. Raphinha teve que levar cinco pontos no intervalo para estancar o sangue.

A agressão gerou revolta no técnico Tite. "É impossível não ver a cotovelada do Otamendi no Raphinha!", esbravejou o treinador na coletiva pós-jogo. "Eu fui muito bem tratado aqui, os torcedores não me ofenderam em nenhum momento. Brasil e Argentina é um clássico e não podemos ter esse tipo de arbitragem em um jogo desse tamanho", prosseguiu.

Veja a classificação das Eliminatórias!

Atuando sem Neymar, a seleção brasileira teve as melhores chances da partida, principalmente com Vinícius Júnior, que pecou nas finalizações, e com Matheus Cunha, que quase fez um gol de placa do meio de campo. A seleção já está garantida na Copa e só volta a jogar em 2022, dia 27 de janeiro, fora de casa contra o Equador, e dia 1º de fevereiro, diante do Paraguai.

Já a Argentina garantiu a vaga na Copa apesar do empate. A classificação veio uma hora depois do fim da partida por causa da derrota do Chile contra o Equador.

Participe da conversa!
0