A prefeitura de Curitiba liberou a presença de público nos estádios da cidade a partir desta quinta-feira (18), com limitação de capacidade e exigência de apresentação de exame RT-PCR ou antígeno negativo, coletado em até 48 horas antes da data do evento.

Será permitida uma limitação máxima de 5 mil pessoas no estádio, desde que este número não ultrapasse a ocupação de 20% da capacidade do local. Também não será permitida a comercialização de alimentos e bebidas alcoólicas nas praças esportivas.

Confira a tabela da Copa do Brasil

As novas regras estarão no novo Decreto Municipal 1.340, que será publicado ainda nesta quarta-feira (18). O decreto passa a valer a partir da publicação e terá duração de duas semanas, até 1º de setembro.

A liberação por parte da prefeitura acontece três dias após a própria CBF publicar um protocolo de segurança para a volta das torcidas aos estádios do país, o qual já deve ser testado semana que vem, nas partidas de quartas de final da Copa do Brasil.

No entanto, no mata-mata nacional só haverá liberação caso as cidades dos dois times envolvidos permitam público, por uma questão de isonomia definida pela CBF. Ou seja, no caso do Athletico contra o Santos, só haverá público na Baixada caso o mesmo ocorra na Vila Belmiro.

Sul-Americana

A tendência é que o jogo entre Athletico e LDU, quinta-feira (19), pela Sul-Americana, não tenha torcida na Arena da Baixada, por questões operacionais, pois não haveria tempo hábil para tal.

Participe da conversa!
0