Futebol
Fora

CBF anuncia saída de Pia Sundhage do comando da seleção feminina

Por
Agência Estado
30/08/2023 22:26 - Atualizado: 05/10/2023 09:40
A técnica Pia Sundhage
A técnica Pia Sundhage | Foto: Thais Magalhães/CBF

A sueca Pia Sundhage não é mais técnica da seleção brasileira feminina. A decisão foi oficializada nesta quarta-feira pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Diante do fracasso da equipe na Copa do Mundo da Austrália e da Nova Zelândia, a perspectiva era de grandes mudanças no setor. O nome do substituto ainda não foi anunciado.

"Encerramos a partir de hoje o trabalho de Pia com a CBF. Quero agradecer a ela e a todos aqueles que conviveram e fizeram parte da comissão técnica da seleção brasileira feminina de futebol, que participou da Copa do Mundo Feminina Fifa 2023. Pia trouxe também, nesse período de 2019 até aqui, um trabalho que, para a CBF e para o futebol brasileiro como um todo, foi muito importante. Desejamos a ela, em seus novos desafios, todo o sucesso", disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

De acordo com a entidade, a nova comissão técnica deve ser anunciada nos próximos dias e terá como missão melhorar os resultados da seleção feminina na Olimpíada, que será disputada em Paris em 2024, e na próxima Copa do Mundo, em 2027, que ainda não tem sede definida.

Há expectativa para que o técnico do Corinthians, Arthur Elias, assuma o comando da seleção feminina. As grandes campanhas que o treinador tem liderado no clube alvinegro tornaram seu nome o favorito para a função.

Bicampeão olímpica com a seleção dos Estados Unidos, Pia chegou ao Brasil com a esperança de reformular a equipe e buscar feitos inéditos. No entanto, o trabalho passou longe dos resultados almejados. O único título de destaque foi a Copa América diante de rivais mais fracos do nosso continente.

Nos Jogos de Tóquio, o Brasil foi eliminado nas quartas de final pelo Canadá, que se tornaria campeão olímpico. O jogo terminou empatado sem gols, e as canadenses levaram a melhor nos pênaltis, ganhando por 4 a 3.

A Copa Feminina, porém, marcou a maior frustração da era Pia. O Brasil chegou ao Mundial com a empolgação de bons desempenhos ante as poderosas Inglaterra e Alemanha, mas acabou eliminado ainda na fase de grupos. A seleção brasileira bateu o modesto Panamá (4 a 0), perdeu para a França (2 a 1) e empatou com a também limitada Jamaica (0 a 0).

Toda a comissão técnica de Pia foi dissolvida pela CBF. Deixam também seus cargos as suecas Lilie Persson e Anders Johansson, auxiliares, e Ann-Helen Grahm, observadora técnica.

+ Inscreva-se no canal do UmDois Esportes no Youtube

Veja também:
Jadson, o “Maradoninha” do Caju 
Jadson, o “Maradoninha” do Caju 
Inter reage duas vezes, vira no fim e bate Grêmio em Gre-Nal eletrizante
Inter reage duas vezes, vira no fim e bate Grêmio em Gre-Nal eletrizante
Leo Godoy enfim estreia pelo Athletico e mostra poder ofensivo
Leo Godoy enfim estreia pelo Athletico e mostra poder ofensivo
Coritiba amplia tabu contra o Cascavel e Guto admite "pior jogo da temporada"
Coritiba amplia tabu contra o Cascavel e Guto admite "pior jogo da temporada"
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Futebol
Inter reage duas vezes, vira no fim e bate Grêmio em Gre-Nal eletrizante
Gaúcho

Inter reage duas vezes, vira no fim e bate Grêmio em Gre-Nal eletrizante

Flamengo domina Flu "à moda Tite" e fica a um passo da Taça Guanabara
Carioca

Flamengo domina Flu "à moda Tite" e fica a um passo da Taça Guanabara

Brasil vence a Itália e é hexa da Copa do Mundo de Futebol de Areia
Em Dubai

Brasil vence a Itália e é hexa da Copa do Mundo de Futebol de Areia