Jorge Jesus comentou caso de racismo na Liga dos Campeões
Jorge Jesus comentou caso de racismo na Liga dos Campeões| Foto: Divulgação/Benfica

Ex-técnico do Flamengo e atualmente no Benfica, o português Jorge Jesus opinou sobre a decisão dos jogadores de PSG e Istanbul Basaksehir de deixar o campo após uma acusação de racismo do auxiliar do time turco, o camaronês Pierre Webó, contra o quarto árbitro, o romeno Sebastian Coltescu.

“Não sei o que aconteceu, o que se falou, o que se disse, mas hoje está muito na moda isso do racismo”, disse Jesus. “Como cidadão tenho o direito de pensar à minha maneira e só posso ter uma opinião concreta quando souber o que se disse naquele momento”, prosseguiu.

O português foi além nos comentários. “Hoje, qualquer coisa que se possa dizer a um negro é sempre sinal de racismo, a mesma coisa contra um branco já não é sinal de racismo. Está se implantando essa onda no mundo. Talvez houve algum sinal de racismo, mas não sei o que disseram”, arrematou.