Após 14 anos, Brasil e Argentina voltam a se enfrentar por uma final. Neste sábado (10), ás 21h, as duas principais seleções do continente entrarão no campo do Maracanã para decidir o título da Copa América. A última vez que isso aconteceu foi em 2007, com a seleção brasileira levando a melhor.

Frente a frente, estarão as duas melhores equipes da competição. Os dois lados chegam invictos para essa decisão. Enquanto o Brasil, em seis jogos, conquistou cinco vitórias e um empate, os argentinos somam quatro triunfos e dois empates.

+ Confira a tabela completa da Copa América

Mas se o momento no torneio é parecido, o histórico é bem diferente. Enquanto a seleção brasileira é a atual campeã - ganhou em 2019, também no Maracanã -, a Argentina não conquista o troféu desde 1993. Este, inclusive, foi o último título do país vizinho.

De lá pra cá, o Brasil ganhou duas Copas do Mundo, três Copas das Confederações e cinco Copas Américas. Destes dez títulos, três (as Copa Américas de 2004 e 2007 e a Copa das Confederações de 2005) em cima do maior rival, que ainda amargou um outro vice quando jogou no Maracanã, a Copa de 2014.

Uma pressão a mais na hora que a bola rolar para o confronto que também coloca frente a frente dois amigos e rivais, Messi e Neymar. O argentino é o artilheiro do torneio, com quatro gols, e tenta seu primeiro título com a camisa argentina. O brasileiro, por sua vez, marcou dois gols, mas já deu três assistências e vem sendo fundamental nesta campanha.

Ingredientes que fazem desta grande final um grande atrativo em meio a uma competição esvaziada, realizada em cima da hora e que, em muitas partidas, deixou a qualidade técnica a desejar. Talvez reservando o principal para a partida do título, seja para qual lado for.

Onde assistir Brasil x Argentina

O duelo Brasil x Argentina terá transmissão do SBT e da Espn Brasil para todo o país. O UmDois Esportes acompanha o jogo no Tempo Real!

Ficha técnica

COPA AMÉRICA
Final
10/07/2021

BRASIL x ARGENTINA

Brasil: Ederson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Éverton Cebolinha, Neymar e Richarlison. Técnico: Tite

Argentina: Martínez; Molina, Otamendi, Pezzella e Tagliafico (Acuña); Guido Rodriguez, Lo Celso e De Paul; Nicolás González, Messi e Lautaro Martínez. Técnico: Lionel Scaloni

Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)
Horário: 21h
Árbitro: Esteban Ostojich (Fifa-URU)
Assistentes: Carlos Barreiro (URU) e Martin Soppi (URU)
VAR: Andres Cunha (VAR)

Participe da conversa!
0