O árbitro que comandou o clássico entre Coritiba e Athletico, terminado em 0 a 0, no Couto Pereira, relatou a confusão de torcedores nas arquibancadas, que interrompeu a partida por oito minutos.

No relato de Leonardo Ferreira Lima após o jogo, ele também citou o arremesso de uma moeda de 25 centavos, um cigarro eletrônico e um pacote de pipoca, todos por parte da torcida do Coxa. Ele também citou o uso de sinalizadores por parte das duas torcidas no estádio após o jogo.

Confira a classificação do Campeonato Paranaense

Na confusão entre os torcedores na divisa, o árbitro ainda pontua que três bombas estouraram durante a briga nas arquibancadas.

Veja o relato completo:

"Aos 18 minutos do primeiro tempo foi arremessada pelos torcedores do Coritiba uma moeda de 25 centavos em direção a área técnica do equipe do Athletico. Aos 20 minutos do primeiro tempo a partida foi paralisada devido a tumulto entre as torcidas de ambas as equipes na divisão entre as arquibancadas do mandante e visitante. Durante o tumulto, três bombas estouraram na região onde aconteceu o tumulto. A ação da polícia militar e batalhão de choque conteve a situação e a partida foi reiniciada depois de 7 minutos com aval de segurança da PM. Aos 31 minutos do primeiro tempo foi arremessado pelos torcedores do Coritiba um cigarro eletrônico em direção à área técnica do equipe do Athletico. Aos 14 minutos do segundo tempo foi arremessado pelos torcedores do Coritiba um pacote de pipoca em direção a área técnica do equipe do Athletico. Após o encerramento de jogo, fomos avisados pela delegada da partida que ambas as torcidas acenderam sinalizadores nas arquibancadas após a equipe de arbitragem deixar o campo de jogo".

Participe da conversa!
0