De volta ao time do Coritiba após mais de um mês fora, por causa de uma lesão no pé, o meia Thonny Anderson foi a novidade na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no último domingo (29), no Couto Pereira.

O atleta atuou por 71 minutos e mostrou estar recuperado e pronto para voltar a disputar a posição entre os titulares.

Na sua ausência, o técnico Gustavo Morínigo optou por Robinho e Régis para a vaga. Agora, os três estão à disposição e devem acirrar a briga, algo que Thonny Anderson vê como fundamental para a equipe e para os próprios jogadores

"Ficar de fora sempre é chato. Mas estou feliz em poder voltar, ajudar a equipe. Existe uma disputa sadia, a diretoria vem com o objetivo de trazer três ou quatro jogadores de cada posição. É sempre bom para não se acomodar", afirmou ele, em entrevista coletiva.

Jejum de gols não incomoda Thonny Anderson

Desde que chegou ao Coxa, Thonny Anderson disputou 17 jogos, 13 como titular. Deu cinco assistências até aqui, mas ainda não marcou gols. Um jejum que o meia diz que não o incomoda, mas que sabe que é preciso melhorar neste quesito.

"Sempre é bom fazer gols. Ainda não fiz, mas ajudo de outras formas. O Morínigo me cobra para chegar mais na área, ter a possibilidade de uma bola rebatida, mas é algo que não me incomoda. Não me importo de não fazer gols desde que a equipe vença, mas não posso falar que não é importante", completou.

+ Confira a tabela completa do Brasileirão e os próximos jogos do Coritiba

Em quarto lugar na tabela, com 13 pontos, o Coritiba encara o Ceará, no próximo sábado (4), às 19h, no Castelão.

Se vencer, o Coxa pode até chegar à liderança do Brasileirão, desde que Palmeiras x Atlético-MG termine empatado e o Corinthians não vença o Atlético-GO.

Participe da conversa!
0