Para o técnico Gustavo Morínigo, não há tempo para o Coritiba remoer a derrota diante do Avaí, nessa segunda-feira (9), pela quinta rodada do Brasileirão. Em três dias, o time tem uma decisão contra o Santos, fora de casa, pela terceira fase da Copa do Brasil.

“Não temos tempo para lamentar, temos um jogo mais que importante, uma final, não há segundas oportunidades na quinta-feira e temos de estar bem”, afirmou o comandante paraguaio.

Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, no Couto Pereira, o Coxa pode até empatar para avançar às oitavas de final do torneio. Mas não pode errar como fez contra o time catarinense e, sobretudo, precisa estar totalmente focado na busca da vaga.

“Vamos trabalhar em cima dos erros, em cima do que não saiu bem. E, claro, vamos trabalhar mentalmente para que o time esteja da melhor maneira para esse jogo", completou Morínigo, que frisou as falhas de sua equipe, que cometeu dois pênaltis convertidos pelos catarinenses.

"O empate e a virada vieram por erros nossos. Era bola parada para nós. Não fizemos bem, executamos mal", reforçou.

Participe da conversa!
0