Coritiba
Estadual

Guto Ferreira dispara contra a arbitragem do Campeonato Paranaense

Por
UmDois Esportes
11/02/2024 09:22 - Atualizado: 11/02/2024 09:22
Guto Ferreira, técnico do Coritiba
Guto Ferreira, técnico do Coritiba | Foto: Átila Alberti/UmDois Esportes

O técnico Guto Ferreira fez uma forte reclamação sobre a arbitragem do Campeonato Paranaense após a vitória do Coritiba por 3 a 1 contra o Galo Maringá, no Willie Davids, neste sábado (10). Segundo o treinador, o nível não está adequado para a competição.

"Gostaria de falar apenas sobre jogo, mas a situação de arbitragem está bastante difícil, acho que não vem acompanhando o nível da competição. A gente não consegue entender os critérios para cartão. Aí você reclama e o errado é você. [A arbitragem] vem te agredindo, faltando com educação", afirmou o técnico, irritado.

+ Confira a tabela completa do Paranaense 2024

No segundo tempo, Guto recebeu um cartão amarelo do árbitro Murilo Ugolini Klein por reclamação. Segundo ele, os atletas do Galo Maringá não levaram cartão em lances importantes de falta, o que, para o treinador, "matou" jogadas do Coxa.

"Eu acho que a direção do Coritiba já esteve na Federação Paranaense de Futebol e a coisa não se altera. Nós tivemos uma palestra com a equipe de arbitragem antes de começar o campeonato, para passar as diretrizes. Eu acho que se eles voltassem agora, teriam vergonha do que falaram. Não estamos querendo criar um preconceito com a arbitragem, mas estamos nos sentindo prejudicados jogo após jogo", reclamou Guto.

Guto pediu alta rotação aos atletas

Na vitória deste sábado, o Coritiba teve um bom primeiro tempo, com dois gols e diversas chances criadas, mas decaiu na segunda etapa. Com a queda no rendimento, o Galo Maringá marcou e teve chances de ampliar.

Guto conversou com os atletas no vestiário para ressaltar a importância de manter o rendimento da equipe.

"Nosso jogo se encaixou rapidamente, controlamos bem o perfil de jogo do Galo. No segundo tempo demos uma relaxada bastante grande. Já conversei com os meninos no vestiário. São situações que à medida que a competição vai se afunilando, a gente não pode tirar o pé. Precisa manter a equipe jogando em alta", afirmou.

O técnico voltou a falar sobre a dificuldade de jogar com o calendário apertado. No primeiro tempo, o zagueiro Bruno Melo se machucou e Maurício Antônio, que havia sido poupado, precisou ser acionado.

"Hoje era o dia de descansar o Maurício. Ele entrou aos 22 minutos do primeiro tempo, na contusão do Bruno. O planejamento caiu. O que foi criado aqui, vamos pagar no próximo. A competição é assim, mas que bom que jogo após jogo estamos ultrapassando barreiras com muita entrega", afirmou.

Veja também:
Carneiro Neto e os “atleticanos que queriam vender a Baixada”
Carneiro Neto e os “atleticanos que queriam vender a Baixada”
UFC México fica marcado por briga generalizada
UFC México fica marcado por briga generalizada
Quanto Bambam e Popó receberam para lutar no FMS?
Quanto Bambam e Popó receberam para lutar no FMS?
Presidente do Sport vê xenofobia no STJD após punição com portões fechados
Presidente do Sport vê xenofobia no STJD após punição com portões fechados
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Coritiba
Técnico do Coxa pede calma e lateral reconhece má fase: "Torcedor está p..."
Pressão

Técnico do Coxa pede calma e lateral reconhece má fase: "Torcedor está p..."

Coritiba amplia tabu contra o Cascavel e Guto admite "pior jogo da temporada"
Má fase

Coritiba amplia tabu contra o Cascavel e Guto admite "pior jogo da temporada"

"Maca colheitadeira" rouba a cena em Cascavel x Coritiba
Marketing

"Maca colheitadeira" rouba a cena em Cascavel x Coritiba