Cria do Coritiba, o atacante Igor Jesus, 19 anos, mal chegou aos Emirados Árabes e já é um dos destaques do Al Ahli. Em pouco mais de dois meses, o camisa 9 atuou em dez partidas e balançou as redes dez vezes, sendo o artilheiro do Campeonato Nacional.

Em entrevista exclusiva ao UmDois Esportes, Jesus falou sobre o momento que vive, a adaptação ao "mundo árabe", o futuro na carreira e, claro, do próprio Coxa, que ainda terá direito a 50% do valor de uma eventual transação do jogador para outro clube.

Siga o UmDois Esportes no Facebook!

"No Coritiba, passava o tempo defendendo. Aqui, ataco", diz Igor Jesus

Igor Jesus celebra gol no Coritiba. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo
Igor Jesus celebra gol no Coritiba. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

Igor chegou ao Coxa aos 13 anos e, em 2019, após ser destaque do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior, recebeu sua primeira oportunidade no time profissional. Ao todo, foram 56 jogos e sete gols marcados pelo Coritiba.

Neste ano, devido à fase do time Alviverde, Igor patinou entre a equipe titular e o banco de reservas, com apenas dois gols. Segundo o jovem, o excesso de trocas de treinadores, cada um com seu estilo de jogo, interferiu em seu desempenho.

“A troca de treinadores interferiu no meu rendimento. Com o Barroca eu era centroavante. Já com o Jorginho, atuei como ponta, que não é a minha posição. No Coritiba, passava a maior parte do tempo defendendo. Aqui, passo atacando”.

Transferência do Coritiba foi surpresa para Igor Jesus

A negociação do jovem pegou todo mundo de surpresa. Em setembro deste ano, a diretoria alviverde recebeu uma proposta do Al Sharjah, também dos Emirados Árabes, perto dos R$ 6 milhões, e já parecia certa a saída do atacante.

Mas, dias depois, o Al Ahli, com valores maiores, US$ 2 milhões (aproximadamente R$ 11 milhões na época), ficou com o jogador.

“Eu não imaginava que iria sair do clube naquele momento. Tinha vontade de jogar um Brasileirão pelo Coritiba, mas o Coxa não estava muito bem financeiramente e precisava me vender. Aí, apareceu uma proposta que era boa para eles e para mim”

Igor Jesus diz ter se adaptado rapidamente ao novo país

Sapo, como também é conhecido, chegou aos Emirados Árabes quatro dias antes da UAE League, o Campeonato Nacional. Apesar das diferenças culturais, se adaptou rapidamente e já balançou as redes em seu segundo jogo.

“ A relação com os companheiros ajudou muito. É um país diferente e cheio de regras. Estou me adaptando bem. Minha maior dificuldade foi a língua. Aqui, eles usam muito inglês, estou aprendendo com um professor”

Jovem promessa sonha com futuro no futebol europeu

O grande sonho de Igor Jesus é o caminho trilhado por vários jovens: jogar na Europa. Uma futura negociação do atacante renderá ao Coritiba 50% do valor da transação.

“O objetivo é jogar no futebol europeu. Vou fazer meu melhor aqui para realizar esse sonho”.

Participe da conversa!
0