Com um gol do santista declarado Alef Manga, o Coritiba venceu o Santos por 1 a 0, nesta quarta-feira (20), no Couto Pereira, pela terceira fase da Copa do Brasil.

O Coxa amassou o Peixe no primeiro tempo, poderia ter saído com um resultado mais elástico e ter encaminhado a classificação, mas parou em ótima atuação de João Paulo. Já o segundo tempo foi mais truncado. O Verdão agora joga pelo empate.

+ Veja como foi o lance a lance de Coritiba x Santos

O duelo de volta entre os times será apenas no dia 12 de maio, às 21h30, na Vila Belmiro. Pelo Brasileirão, o Coxa volta a campo contra o Atlético-MG, sábado (23), às 21h, no Independência.

Coxa domina e santista Alef Manga decide mais uma vez

No duelo de torcida única, por conta das confusões entre as torcidas, só um time jogou também na etapa inicial. Empurrado pelo tradicional Green Hell da torcida, o Coxa pressionou desde os primeiros minutos.

Clayton, Biro e Régis tiveram boas chances antes dos dez minutos, mas João Paulo salvou. O goleiro também defendeu os arremates de Willian Farias e três chegadas de cabeça do Alviverde, novamente com Régis, Clayton e Matheus Alexandre.

De tanto pressionar, o Verdão chegou ao gol com Alef Manga. Aos 23, o santista declarado recebeu passe de Willian Farias e, desta vez, não deu para o arqueiro do Peixe.

Alef Manga chuta entre as pernas de João Paulo para abrir o placar.
Alef Manga chuta entre as pernas de João Paulo para abrir o placar.

O Santos pediu um pênalti em Madson, logo na sequência, não marcado pelo árbitro Bruno Arleu de Araújo. Ricardo Goulart teve uma boa chance de cabeça para fora, mas foi só. Os visitantes finalizaram apenas duas vezes. Já o Coritiba massacrou com 14 arremates, que consagraram João Paulo como o melhor jogador do primeiro tempo.

"Fizemos um excelente primeiro tempo. Começamos com um ímpeto que nem sei explicar. Foram 10, 15 minutos que o João Paulo fez grandes defesas. Se eu tiver mais uma oportunidade de fazer um gol, eu vou fazer. Foi um gol contra meu time, sou santista, nascido em Santos. Eu respeito, mas também tem que respeitar a camisa do Coxa. Vamos nos doar ao máximo para dar alegria para essa torcida", disse Alef Manga ao Amazon Prime.

"Aceitamos muito fácil a pressão do Coritiba. Foi um pênalti muito claro, virou meu tornozelo. O árbitro fica muito dependente do VAR e não marca", reclamou o lateral Madson, do Santos.

O segundo tempo, no entanto, foi mais equilibrado. Santos e Coritiba fizeram um jogo mais brigado, com muitas faltas e distribuições de cartões amarelos. Goulart teve outra boa chance de cabeça, mas mandou para fora. O Coxa respondeu com Andrey, de fora da área. Mas o resultado não mudou.

Com o amplo domínio, principalmente no primeiro tempo, o Coritiba sai frustrado por não ter conseguido levar uma vantagem maior para a partida de volta. O Alviverde tenta chegar às oitavas de final depois de sete anos.

Ficha técnica

Copa do Brasil
3ª fase
20/04/2022


CORITIBA 1x0 SANTOS

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Andrey e Régis (Robinho); Alef Manga (Guillermo), Igor Paixão e Clayton (Adrían Martínez). Técnico: Gustavo Morínigo.

Santos: João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Willian Maranhão (Vinicius Zanocelo), Sandry (Rodrigo Fernández) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Ângelo (Marcos Leonardo), Bryan Angulo (Lucas Braga) e Jhojan Julio. Técnico: Fabián Bustos.

Local: Couto Pereira (Curitiba-PR).
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ).
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).
Gol: Alef Manga, aos 23 do 1°T.
Cartão amarelo: Henrique, Willian Farias, Alef Manga, Matheus Alexandre (CFC); Maicon, Lucas Pires e Jhojan Julio (SAN).
Público pagante: 22.281
Público total: 23.545
Renda: R$388.130,00

Participe da conversa!
0