O Coritiba perdeu por 3 a 1 para o Juventus, nesta quinta-feira (13), e está eliminado da Copa São Paulo de 2022. O Coxa saiu atrás logo no começo do duelo, perdeu pênalti e ainda teve um jogador expulso, que foi decisivo para o resultado.

O jogo mal tinha começado e o Juventus já tinha aberto o placar. Aos quatro minutos, após confusão na área, o árbitro marcou pênalti, que Masson bateu no canto esquerdo do goleiro, que pulou para o outro lado.

Com dificuldades, o Coritiba, aos poucos, foi se encontrando em campo e passou a atacar mais. Aos 23, o time perdeu a grande oportunidade da partida. Kaio foi derrubado na área e desta vez a penalidade foi para o Coxa. Maicky foi para a cobrança e bateu no canto, mas Cauã fez a defesa.

No fim do primeiro tempo, a equipe ainda viu Jean Henrique carimbar o travessão de cabeça após cruzamento pela esquerda.

Segundo tempo de Coritiba e Juventus foi mais agitado

Na etapa final, o confronto continuou equilibrado. O Coritiba buscava o empate e, com uma postura mais ofensiva, via o Juventus, em contra-ataques, ficar perto de ampliar o marcador.

Até que, aos 26, o Coxa conseguiu o empate. Em jogada pela direita, a bola foi cruzada na área, o goleiro tentou afastar a bola, que bateu no zagueiro Bambu, indo para as redes.

Porém, o que podia ser uma reação alviverde, foi freada minutos depois, quando Jorge acabou recebendo o segundo cartão amarelo e foi expulso. No minuto seguinte, o Moleque Travesso fez o segundo gol. Aos 34, Masson bateu cruzado de fora da área e Sidnei apenas ficou olhando.

Aos 38, Derik bateu falta quase na bandeirinha de escanteio, mas mandou a bola direto para o gol, fazendo um golaço e decretando o resultado final em 3 a 1 para o Juventus. No último lance, mais uma vez o Alviverde carimbou o travessão com Jean Henrique.

O Coritiba foi a campo com: Sidnei; Diogo, Guilherme, Jean Henrique e Alec; Jorge, Maicky (Jean), Douglas (Geovane), Lucas Roner e Kaio; Ruan (Iruan).

Participe da conversa!
0