O Coritiba protagonizou uma vitória emocionante contra o Fluminense. O Coxa levou 2 a 0 no primeiro tempo, mas reagiu sob o comando do atacante Léo Gamalho e venceu por 3 a 2, com o último gol aos 49 do segundo tempo, em jogo disputado neste domingo (1), no Couto Pereira, pela quarta rodada do Brasileirão.

+ Coritiba 3x2 Flu: gols, ficha e fotos

O resultado leva o Coxa para a quinta posição, agora com sete pontos - o Flu estaciona no 14° lugar, com quatro pontos. O Coxa, agora, terá mais uma semana livre para treinar. O próximo desafio será contra o Avaí, na segunda-feira que vem (9), às 20h, na Ressacada.

Coritiba e Flu fazem jogo quente no Couto
Coritiba e Flu fazem jogo quente no Couto| Atila Albert/UmDois Esportes

No duelo deste domingo (1), Gustavo Morínigo promoveu o retorno de Andrey e deu nova oportunidade a Clayton - com isso, Léo Gamalho começou no banco. Clayton, inclusive, criou o primeiro lance de perigo, mas parou em Fábio. Logo depois, Igor Paixão bateu cruzado e também ficou na defesa do goleiro tricolor.

Do lado oposto, o Fluminense encontrava dificuldades para invadir a área e, com isso, apostava em chutes de fora. Em um desses lances, Ganso recebeu completamente livre e arriscou de longe. Muralha deixou a bola passar e protagonizou um frango bizarro - 1 a 0.

A torcida passou a vaiar o goleiro a cada toque na bola, e o Coritiba sentiu o gol. Além de não conseguir reagir, o Coxa falhou mais uma vez. Luiz Henrique recebeu nas costas de Guilherme Biro, limpou Luciano Castán e cruzou para a área. Ganso apareceu entre Henrique e Matheus Alexandre e cabeceou no canto - 2 a 0.

+ Veja a tabela completa do Brasileirão

Falha de Muralha marca o primeiro tempo
Falha de Muralha marca o primeiro tempo| Atila Albert/UmDois Esportes

Para dar novo gás ao ataque e tentar a reação, Morínigo promoveu três mudanças no intervalo, colocando Egídio, Robinho e Léo Gamalho. E, logo no seu primeiro lance, o camisa 9 sofreu pênalti. André levou o segundo amarelo e deixou o Flu com 10. O próprio Léo Gamalho cobrou com categoria e botou fogo no jogo.

Com o apoio de mais de 20 mil torcedores (23.465 pagantes, 24.622 presentes), o Coritiba chegou ao empate aos 15. A defesa carioca não conseguiu cortar o cruzamento, e Andrey acertou o cantinho. Com o 2 a 2, Marcão sacou Ganso, Luiz Henrique e Cano. O Fluminense fechou os espaços e esfriou a partida.

O Coritiba, porém, não desistiu. E a persistência deu resultado aos 49 do segundo tempo - o árbitro Raphael Claus (SP) havia dado cinco minutos de acréscimo. Após o cruzamento da esquerda, Léo Gamalho completou para o fundo das redes, chegou aos 13 gols em 2022 e garantiu uma vitória justa e emocionante.

O Coritiba, agora, terá a semana cheia cheia para trabalhar e fazer os ajustes necessários - até para não repetir a atuação do primeiro tempo. O time volta a campo contra o Avaí, na segunda-feira que vem (9), às 20h, na Ressacada.

Coritiba volta a campo diante do Avaí, no dia 9
Coritiba volta a campo diante do Avaí, no dia 9| Atila Albert/UmDois Esportes

Ficha técnica

BRASILEIRÃO - 4ª rodada
01/05/2022

Coritiba 3x2 Fluminense

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro (Egídio); Willian Farias, Andrey (Adrián Martínez) e Régis (Robinho); Igor Paixão, Alef Manga (Fabrício Daniel) e Clayton (Léo Gamalho). Técnico: Gustavo Morínigo.

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier (Calegari), Nino, Luccas Claro e Marlon; André, Yago Felipe, Nonato (Martinelli) e Ganso (Willian); Luiz Henrique (Caio Paulista) e Cano (David Duarte). Técnico: Marcão.

Local: Couto Pereira (Curitiba-PR).
Data: 01/05/2022.
Gol: Ganso aos 19' e aos 35' do 1°T; Léo Gamalho aos 5', Andrey aos 15' é Léo Gamalho aos 49' do 2°T.
Cartão amarelo: Ganso e David Duarte (FLU).
Cartão vermelho: André (FLU).
Público pagante: 23.465 pagantes.
Público total: 24.622 presentes.
Renda: R$ 424.805,00.
Árbitro: Raphael Claus (SP).
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Neuza Ines Back (SP).
VAR: Wagner Reway (PB).

Participe da conversa!
0