A 26ª rodada complicou a situação do Coritiba na luta contra o rebaixamento no Brasileirão. Além de perder o confronto direto para o Botafogo de virada por 2 a 1, o Coxa viu outros concorrentes conquistarem bons resultados, como Sport, Athletico e Vasco.

Com isso, o Alviverde estacionou nos 21 pontos, sete atrás do Bahia, o primeiro fora da zona da degola. Para fugir da queda, o time coxa-branca precisaria alcançar o número mágico de 45 pontos. Ou seja, teria, nas últimas doze partidas, somar mais pontos do que em toda a competição até aqui.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Para isso, teria que vencer oito das próximas doze rodadas. Só que em 26 jogos já realizados, o Coritiba ganhou apenas cinco. A última vez foi no dia 31 de outubro, quando bateu o Atlético-GO por 1 a 0. De lá pra cá, foram dois empates e cinco derrotas.

Aproveitamento do Coritiba contra o rebaixamento

Números que preocupam diante do baixo aproveitamento ao longo de todo campeonato, que é de apenas 26,9% e que precisaria ser triplicado para sonhar com a permanência na elite.

De acordo com o site do departamento de matemática da UFMG, o Coxa é o time que mais tem chances de ser rebaixado, com 92% de probabilidade, seguido por Botafogo (88,7%), Goiás (88.1%), que ainda joga na rodada, e Bahia (33.3%).

O próximo compromisso do Alviverde será no sábado (26), contra o Atlético-MG, terceiro colocado no Brasileirão, às 17h, no Mineirão.

Participe da conversa!
0