Brasileirão

Com 98% de chances de queda, Coritiba precisa ser quase perfeito para escapar

Coritiba empatou com o Athletico e aumentou chances de queda para a Série B
Coritiba se vê em situação ainda mais complicada no Brasileirão.| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/UmDois Esportes
  • Por Ricardo Brejinski
  • 12/01/2021 12:10

Ao término da 29ª rodada do Brasileirão, o Coritiba teve suas chances de queda para a Série B aumentarem ainda mais. Apesar do empate em 0 a 0 com o Athletico, que encerrou uma sequência de derrotas, o Coxa viu o 17º colocado se distanciar um pouco mais e, com isso, o clube tem 98% de probabilidade de rebaixamento, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Com 22 pontos, o Alviverde continua na lanterna da tabela do Campeonato Brasileiro, agora dez pontos atrás do 16º colocado, que é o Fortaleza. No início da rodada, o time coxa-branca estava oito pontos atrás do primeiro fora da zona da degola.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Desta forma, para chegar aos 45 pontos, o número mágico para escapar da queda, o Coritiba precisa de 23 dos 27 pontos que ainda tem para disputar.

Ou seja, nas próximas nove rodadas, o Coxa teria que ganhar oito ou então vencer sete e empatar as outras duas, o que seria uma campanha quase perfeita a partir do próximo sábado (16), quando faz um confronto direto com o Vasco, o 15º, com 32 pontos. O duelo acontece às 21h, em São Januário.

Situação dos concorrentes do Coritiba contra a queda

Além do Coritiba, outro time também tem 98% de chances de rebaixamento. Com 23 pontos, o Botafogo vive uma situação parecida à do Coxa. Já o Goiás, que mostrou evolução no segundo turno, ainda tem 80% de possibilidade de queda, seguido pelo Bahia, com 51%.

Fora da ZR, Fortaleza, com 27%, Sport, com 22%, e Vasco, com 14%, ainda aparecem como fortes candidatos. Um pouco mais afastados estão Red Bull Bragantino (6%), Atlético-GO (3%) e Athletico (1%).

Participe da conversa!
0

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.