Por ordem médica, o presidente do Coritiba, Juarez Moraes e Silva, se afastará do cargo por duas semanas, até o dia 24 de janeiro.

Moraes e Silva testou positivo para a Covid-19 na última quinta-feira (7) e está em isolamento, em casa, com sintomas leves. Durante este período, o vice-presidente, Glenn Stenger, assumirá o posto.

Além de Moraes e Silva, outros dois integrantes do G5 do Coxa contraíram o novo coronavírus: os vices Jair José de Sousa e Maurício Gulin.

Está é a segunda vez que Moraes e Silva testa positivo para a Covid-19. Em março de 2020, o então vice-presidente - Renato Follador era o mandatário - foi acometido pela doença, perdeu 15kg, teve anemia grave e desenvolveu diabetes. A recuperação total levou cerca de seis meses.

Após as duas primeiras doses, Moraes e Silva tomou recentemente a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

Também em 2020, em junho, o então presidente Renato Follador testou positivo para a doença. Follador morreu um mês depois e Moraes e Silva assumiu o cargo em seu lugar.

Participe da conversa!
0