O rebaixado Coritiba se despediu do Brasileirão 2020 com mais uma derrota – a 21ª em 38 rodadas. Na noite desta quinta-feira (25), em Goiânia, o time paranaense foi superado pelo Atlético-GO por 3 a 1 e concluiu sua pior campanha da história nos pontos corridos da Série A.

O jogo, assim como a temporada, foi um desastre. Com uma formação alternativa, com apenas um zagueiro de ofício e dois laterais compondo a linha de três defensores, o Coxa levou três gols somente no primeiro tempo.

Veja a tabela final do Brasileirão

De cabeça, após cobrança de escanteio, o zagueiro Gilvan abriu o placar logo aos 2 minutos. Aos 34, Wellington Rato ampliou depois de erro do goleiro Arthur na saída de bola. E, nos acréscimos, Biro tentou cortar passe de Rato e mandou contra a própria meta.

O veterano Ricardo Oliveira ainda diminuiu na etapa final, marcando seu segundo gol em 18 partidas.

Com o resultado, o Coxa terminou o campeonato com 31 pontos e 27,1% de aproveitamento. Foram apenas sete vitórias na campanha, diante de Bragantino, Sport, Atlético-GO e, nos dois turnos, contra Vasco e Palmeiras. O Dragão fechou a competição com 50 pontos, melhor resultado da história do clube.

Testes com pratas da casa

Sem objetivo desde a queda consumada, o Alviverde deu rodagem a jovens da categoria de base. Comandando pelo auxiliar Júlio Sérgio, a equipe promoveu a estreia do zagueiro Márcio Silva e do meia Biel.

Além deles, mais quatro pratas da casa também começaram entre os titulares: Arthur, Guilherme Biro, Ângelo e Luiz Henrique. Já o volante Hugo Moura, emprestado pelo Flamengo, e o meia Sarrafiore, cedido pelo Internacional, fizeram suas despedidas.

O técnico Gustavo Morínigo permaneceu em Curitiba treinando o elenco que está focado na estreia do Paranaense. No domingo (28), o Coritiba recebe o Cascavel CR, às 16h, no Couto Pereira.

Ficha Técnica

BRASILEIRÃO
38ª rodada
25/02/2021

ATLÉTICO-GO 3 x 1 CORITIBA


Atlético-GO
Jean; Arnaldo, João Victor (Oliveria), Gilvan, Nicolas; Willian Maranhão (Marlon Freitas), Gabriel Baralhas, Wellington Rato (Matheus Vargas); Chico (Janderson), Danilo Gomes e Roberson (Zé Roberto). Técnico: Marcelo Cabo.

Coritiba
Arthur; Jonathan, Márcio Silva e Guilherme Biro; Osman, Hugo Moura, Sarrafiore, Biel (Cristiano) e Ângelo (Pablo Thomaz); Luiz Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Júlio Sérgio.

Local: Antônio Accioly (Goiânia-GO).
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP).
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).
Gols: Gilvan, 2, Wellington Rato, 33 e 47 do 1º; Ricardo Oliveira, 17 do 2º.
Cartões amarelos: Sarrafiore (COR).

Participe da conversa!
0