Athletico, Coritiba e Paraná têm trabalhado em conjunto para conseguir a liberação do público nos estádios de futebol de Curitiba. O trio prepara um protocolo único para apresentar à prefeitura e iniciar o processo de retorno.

"Temos um alinhamento com o presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, e o presidente do Paraná, o Casinha, no sentido de um protocolo de intenções a ser entregue para a volta do público, sempre com a segurança em primeiro lugar", explicou o presidente do Coxa, Juarez Moraes e Silva, à Rádio Transamérica, nesta quinta-feira (12).

Veja a tabela completa da Série B e os próximos jogos do Coritiba!

"A partir dos alinhamentos, vamos fazer um protocolo. Comunicamos ao prefeito, que se dispôs analisar com carinho, forma técnica. Devemos dar entrada próximos dias", completou o dirigente, ressaltando que também houve conversas com a Federação Paranaense de Futebol (FPF), governo estadual e CBF.

Reunião com a prefeitura para a volta do público

Juarez, que esteve com o prefeito Rafael Greca na última quarta-feira (10), em uma visita formal de apresentação do novo G5 do clube, acredita que a volta dos torcedores pode ocorrer em breve.

Prefeito recebeu G5 do Coritiba.
Prefeito recebeu G5 do Coritiba.| Divulgação/Twitter

"Acredito que entre um e dois meses possamos já poderemos ter o público de volta com restrições. A projeção é que de setembro para outubro tenha viabilidade. As restrições quem vai estabelecer é a prefeitura", disse.

O dirigente, contudo, espera que o retorno seja feito de forma conjunta nacionalmente. Para ele, a isonomia competitiva precisa ser preservada. "A torcida é um fator de muita relevância na influência do próprio jogo. Estamos muito bem encaminhados pra seguir esses passos [protocolos] e depois a CBF unificando a volta do público nos campeonatos".

Participe da conversa!
0