O líder Coritiba fechou o primeiro turno da Série B com 36 pontos depois de superar a Ponte Preta nessa terça-feira (17), no Couto Pereira.

E a pontuação que garantiu o título simbólico da primeira parte da Segundona também praticamente garante a vaga à Série A ao Coxa – pelo menos no que depender do histórico da competição.

Veja a classificação da Série B!

Desde 2006, quando a Série B é disputada por 20 times, somente três de 21 equipes que somaram 36 pontos ou mais ao fim do primeiro turno não conseguiram a vaga no Brasileirão. Casos de Criciúma (2007), Joinville (2012) e Paraná (2013). Ou seja, 85% das equipes tiveram êxito após abrir a vantagem que o Alviverde conquistou.

Com dez vitórias, seis empates e apenas três derrotas em 19 partidas, o Coritiba também alcançou seu melhor início de Série B da história. A equipe superou a temporada de 2005, quando somou 35 pontos, mas perdeu força no returno e não cumpriu o objetivo do retorno imediato à primeira prateleira do futebol nacional.

"É algo reconfortante do ponto de vista do esforço estamos fazendo e, quando digo isso são todos, da diretoria até o último empregado. Nos esforçamos bastante a cada jogo para conseguir esse acesso que estamos sonhando", comemorou o técnico Gustavo Morínigo.

Outro dado reforça a tendência de acesso coxa-branca. Só duas vezes o campeão do turno não terminou o campeonato no G4: o próprio Coxa, em 2005, e o Ceará, em 2014. Nas últimas quatro edições, aliás, quem conquistou o primeiro turno também levantou a taça da Segundona.

Confira a estatística completa:

2020 - Chapecoense (40), Cuiabá e América-MG (36)
2019 - Bragantino (38)
2018 - Fortaleza (37)
2017 - América-MG (36)
2016 - Vasco (39)
2015 - Vitória (37) e Botafogo (36)
2013 - Palmeiras (42), Chapecoense (40) e Paraná (36)*
2012 - Vitória (44), Criciúma (42) e Joinville (36)*
2011 - Portuguesa (38)
2010 - Figueirense (36)
2009 - Vasco (39) e Atlético-GO (36)
2008 - Corinthians (39)
2007 - Criciúma (37)*
* não subiu

Participe da conversa!
0