Coritiba
Linha do tempo

100 dias de crise: relembre o que aconteceu no Coxa desde a homologação da venda da SAF

Por
UmDois Esportes
30/09/2023 18:24 - Atualizado: 05/10/2023 12:24
CEO do Coritiba, Carlos  Amodeo
CEO do Coritiba, Carlos Amodeo | Foto: Divulgação/Coritiba

Há exatos cem dias a juíza Luciana Pereira Ramos, da 2ª Vara de Falências de Recuperação Judicial de Curitiba, homologou a negociação que vendeu 90% da SAF do Coritiba para o fundo de investimentos Treecorp.

De lá para cá, o Coxa teve baixas no elenco, contratou reforços, realizou trocas no comando técnico e investiu em feng shui e coaching para tentar colocar o clube no prumo, mas nada disso adiantou para melhorar a situação na temporada.

+ Receba as notícias do UmDois Esportes no WhatsApp

No Brasileirão, o que já era ruim, piorou. Em maio, quando a SAF foi homologada, o Coritiba era lanterna do campeonato e, com três pontos, ainda não havia vencido. Agora, o clube segue na última posição, mas tem sequência pior: 8 derrotas seguidas.

De acordo com o CEO do clube, Carlos Amodeo, esse é um momento de avaliação das ações da SAF, que chega ao clássico Atletiba deste domingo (1º), no Couto Pereira, com uma pressão absurda da torcida.

O próprio dirigente é alvo das críticas, assim como o head esportivo Artur Moraes – ambos não deve continuar no clube, segundo manifestações de torcedores.

"Futebol é algo que a gente precisa medir todos os dias, e o mais importante é que a gente precisa enxergar evolução em tudo o que estamos fazendo. Esse é momento que estamos vivendo, um momento de aferição e avaliação de todas as modificações que nós estamos fazendo para que a gente possa ter a certeza que a gente segue no caminho certo", disse Amodeo à Rádio Transamerica.

Embora tenha participação anterior na contratação de atletas e treinadores, a primeira medida oficial da SAF foi afastar os atacantes William Pottker e Matheus Cadorini, o volante Juan Diaz, o zagueiro Jhon Chancellor e o goleiro Sidnei dos treinamentos do elenco principal.

Isso aconteceu em maio, quando o Brasileirão ainda estava no início.

Chancellor foi dispensado pelo Coritiba após a venda da SAF.

Pouco mais de um mês da homologação da SAF, o técnico Antônio Carlos Zago foi demitido pela diretoria coxa-branca. Zago deu uma entrevista explosiva após a derrota por 5 a 1 contra o Grêmio.

Na ocasião, o treinador criticou os comandados: "Se não chegarem reforços para qualificar o elenco, vai para a Série B rapidinho". Com a queda de Zago, Thiago Kosloski assumiu o Coritiba interinamente.

Urso teve passagem melancólica pelo Coxa em 2023

Naquele mês, o Coritiba rescindiu o contrato com os atletas Júnior Urso, Juan Díaz, Jesús Trindade e William Pottker. Jesús Trindade era investigado pela Operação Penalidade Máxima e, por isso, foi afastado. O atleta foi absolvido pela Justiça Desportiva na última quinta (28).

Com o jejum de vitórias que o Coritiba passava, a Treecorp Investimentos contratou a terapeuta corporal e consultora de feng shui, Katia Gonzalez, que visitou o CT da Graciosa e o Couto Pereira para sugerir mudanças baseadas na técnica milenar chinesa. A terapeuta sugeriu a mudança na cor do fosso do estádio, que se tornou verde claro.

Em julho, o Coritiba teve um respiro no campeonato e, com Kosloski no comando, teve a primeira sequência positiva no Brasileirão. Interino, o técnico emendou três vitória e um empate e chegou a ficar a um ponto de deixar a zona de rebaixamento. Com a sequência, Thiago Kosloski foi efetivado.

Com a abertura da janela de transferência, a SAF contratou oito jogadores: o zagueiro Reynaldo, o lateral-direito Hayner, os volantes Fransérgio e Sebastian Gómez, e os atacantes Edu, Maurício Garcez, Diogo Oliveira e Lucas Barbosa.

Foi em julho também que o atacante Alef Manga foi emprestado ao Pafos FC, depois de virar réu na Operação Penalidade Máxima. O atleta está suspenso por 360 dias do futebol brasileiro, punição que foi mantida na última decisão da Justiça Desportiva, divulgada na última quarta-feira (27).

Depois do fim da janela brasileira, a SAF foi atrás de reforços no mercado internacional. Com a busca, o clube trouxe o atacante Islam Slimani e Andreas Samaris para compor o elenco.

Slimani foi recebido no Coritiba com festa da torcida no aeroporto do Bacacheri

Slimani foi recebido pela torcida no aeroporto com festa. Na última partida, fez seu primeiro gol com a camisa coxa-branca, na derrota por 2 a 1 contra o São Paulo.

Em agosto, iniciou a série de resultado negativos, que chegaram a oito derrotas seguidas no último jogo, contra o São Paulo. A torcida organizada do Coritiba, Império Alviverde, chegou a convocar um protesto na frente do CT da Graciosa, mas ele foi cancelado depois que o elenco recebeu folga na mesma data.

Neste mês, o Coritiba chegou à pior marca de derrotas da hitória, com oito seguidas. Desde 2005, a equipe não tinha resultados tão ruins. Depois da última derrota, contra o São Paulo, a torcida pichou o Couto Pereira em protesto à péssima fase.

Com o cenário negativo, o CEO do Coxa, Carlos Amodeo, afirmou que é a última vez que o clube vai sofrer na Série A.

"Este será o último Campeonato Brasileiro que o Coritiba vai jogar para não cair para a Série B ou para se manter na Série A. Se a gente tiver que dar um passo para trás e trabalhar no ano que vem pela retomada na Série A, nós vamos trabalhar isso de forma consistente para transformar esse clube num clube sólido, forte e competitivo", afirmou em entrevista ao ge.

Em setembro, a SAF também contratou o coach mental Evandro Mota, que voltou ao clube depois de seis anos. Mota integrou a comissão do Flamengo de Jorge Jesus, que foi campeão do Brasileirão e da Libertadores, em 2019. Ele também esteve na campanha do Tetra da seleção brasileira, em 1994.

Veja também:
Grêmio x Cuiabá: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Grêmio x Cuiabá: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Fluminense x Vasco: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Fluminense x Vasco: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (19)
Mercado da bola: veja as novidades desta sexta-feira (19)
Atlético-MG x Cruzeiro: escalações prováveis, como assistir, data e horário
Atlético-MG x Cruzeiro: escalações prováveis, como assistir, data e horário
participe da conversa
compartilhe
Encontrou algo errado na matéria?
Avise-nos
+ Notícias sobre Coritiba
Coritiba abre venda de ingressos para primeiro jogo da Série B no Couto; veja preços
Em casa

Coritiba abre venda de ingressos para primeiro jogo da Série B no Couto; veja preços

Destacado por jornal espanhol, capitão na base: conheça o novo lateral do Coritiba
Reforço

Destacado por jornal espanhol, capitão na base: conheça o novo lateral do Coritiba

Coritiba estreia e Athletico levou choque de realidade
Opinião

Coritiba estreia e Athletico levou choque de realidade