O técnico Tite convocou o volante Danilo, do Palmeiras, e oito atacantes para os dois amistosos da seleção brasileira marcados para o mês de junho, em preparação para a Copa do Mundo do Catar. Foi a penúltima convocação do treinador antes do anúncio da lista final dos jogadores que disputará o Mundial, entre novembro e dezembro deste ano.

Inicialmente, a seleção tinha três jogos agendados para o próximo mês. Mas o amistoso com a Argentina, o chamado Superclássico das Américas, foi cancelado, segundo informou o coordenador de seleções da CBF, Juninho Paulista, antes do anúncio da lista de Tite. Ele revelou que a entidade tenta marcar amistoso com uma seleção africana para a mesma data em que haveria o duelo sul-americano.

O primeiro jogo desta série será contra a Coreia do Sul no Seul World Cup Stadium, na capital sul-coreana, às 20h (8h de Brasília) do dia 2 de junho. Na sequência, o adversário será o Japão no estádio Nacional de Tóquio, às 19h20 (7h20 de Brasília) do dia 6. O terceiro e último jogo, inicialmente contra a Argentina, estava agendado para o dia 11. Juninho Paulista adiantou que tentará realizar o jogo contra o rival africano na Europa.

Para estes jogos, Tite apresentou uma novidade em sua lista: o volante Danilo. O jogador de 21 anos vem se destacando com a camisa do Palmeiras nos últimos meses. Curiosamente, não era o jogador que a torcida palmeirense esperava ver na relação do treinador da seleção. Ultimamente, era o meia Raphael Veiga o nome mais cotado para aparecer no time nacional.

Tite também surpreendeu ao chamar 27 jogadores. Inicialmente, era esperado que convocasse apenas 26, na expectativa de que a Fifa confirme esse mesmo número de atletas para a Copa do Mundo. A entidade já indicou que vai permitir o aumento na lista de convocados, mas ainda não oficializou essa ampliação.

Com 27 atletas, o treinador inflou a lista de atacantes e de laterais (que passou de quatro para cinco atletas). Geralmente, Tite chama seis ou sete atacantes. Desta vez, ampliou para oito ao promover os retornos de Gabriel Jesus, Raphinha e Matheus Cunha. Ele confirmou as presenças de Vinicius Junior e Rodrygo, ambos do Real Madrid, além de Richarlison e Gabriel Martinelli. Antony foi a baixa de maior peso.

Havia expectativa também para a lista de laterais. A disputa está aberta para os dois lados. Tite chamou Daniel Alves e Danilo para a direita. Na esquerda, há quatro nomes para duas vagas. Nesta quarta, Alex Sandro, Guilherme Arana e Alex Telles foram chamados e esquentaram a briga - Renan Lodi ficou fora.

Tite ampliou a relação de atletas por conta do risco de lesões e também pela proximidade da final da Liga dos Campeões. A aguardada partida, marcada para o dia 28 deste mês, vai reunir Real Madrid e Liverpool, times europeus que contam com diversos brasileiros convocáveis em seus elencos.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo

Um deles é o volante Fabinho, que saiu de campo machucado na terça em jogo do Liverpool. Ele foi chamado mesmo assim. No meio-campo, Tite demonstra ter menos dúvidas. Philippe Coutinho, que voltou à seleção na convocação anterior, voltou a ser chamado e ganhou força para assegurar seu lugar na Copa. Arthur e Gerson não foram incluídos na lista desta quarta.

Na zaga, Gabriel Magalhães saiu na frente na disputa direta com Felipe, do Atlético de Madrid. Tite vem indicando em suas convocações que Marquinhos, Thiago Silva e Éder Militão já estão garantidos no Mundial. O trio foi chamado mais uma vez nesta quarta.

Depois desta série de amistosos, a seleção de Tite enfrentará a Argentina, no dia 22 de setembro, em partida válida ainda pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar. Trata-se da reedição daquele jogo interrompido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no estádio do Corinthians, em São Paulo, em 5 de setembro do ano passado. O resultado não vai alterar a classificação final das Eliminatórias, com o Brasil no primeiro lugar e a Argentina, em segundo.

Confira abaixo a lista dos convocados de Tite:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Alex Sandro (Juventus), Guilherme Arana (Atlético-MG), Alex Telles (Manchester United) e Danilo (Juventus);

Zagueiros: Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Chelsea), Éder Militão (Real Madrid) e Gabriel Magalhães (Arsenal).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Bruno Guimarães (Newcastle), Lucas Paquetá (Lyon), Danilo (Palmeiras), Fabinho (Liverpool) e Philippe Coutinho (Aston Villa);

Atacantes: Neymar (PSG), Raphinha (Leeds), Gabriel Jesus (Manchester City), Vinicius Junior (Real Madrid), Rodrygo (Real Madrid), Richarlison (Everton), Matheus Cunha (Atlético de Madrid) e Gabriel Martinelli (Arsenal).

Participe da conversa!
0