Há cerca de três semanas nasceu um projeto inovador em Curitiba: uma equipe de poker apenas de mulheres, o Damas do Poker.  A idealizadora foi Marcele Machado, 30 anos, mas o grupo já conta com 98 participantes e tem a meta de chegar a todas as jogadoras do Brasil.

“Eu jogava nas casas de poker, mas às vezes eu me sentia constrangida por ter muitos homens. São poucas mulheres e que nem se conhecem. E este era o sentimento também de outras jogadoras que se sentiam intimidadas com o ambiente muito masculino”, conta Marcele.

Siga o Resenha do Poker no Facebook

Torneios do Damas do Poker tem troféu, prêmios e ranking. Foto: Divulgação

“Então surgiu esta ideia como um home game só para mulheres, para que elas se sintam mais à vontade, e o projeto foi crescendo”, acrescenta Marcele.

Hoje o time conta com um espaço cedido pelo Batel Poker Clube, onde são realizados os torneios do grupo. Qualquer interessada pode participar, bastando entrar em contato através das redes sociais.

Relembre: Elas também jogam poker. E bem!

Participação das mulheres é grande nos torneios. Foto: Divulgação.

Diferente de outros times de poker tradicionais, onde o foco são os jogos online, o Damas do Poker atualmente é mais focado em torneios ao vivo. “A nossa meta é que em qualquer torneio com mais de R$ 100 mil de premiação garantida tenha uma Dama pelo menos representando”, relata.

Marcele Machado é a idealizadora do Damas do Poker

Enquanto isso, nos torneios internos, a diversão tem sido garantida, o que inclusive tem atraído a atenção de empresários patrocinadores. Enquanto brigam por uma posição melhor no ranking, que dará uma vaga para uma etapa do Brasileiro de poker (BSOP), as mulheres concorrem a diversos prêmios extras como roupas, jantares, calçados, almoços e brincos.

Um projeto inovador que merece destaque!

Novidades

Quer receber antes de todo mundo as novidades do Resenha do Poker? Sugestões de matérias, críticas? Mande um e-mail para robsonm@gazetadopovo.com.br

LEIA MAIS:
Torneio com R$ 100 mil em premiação chega a sexta etapa em Curitiba
Os pontos positivos e o negativo do primeiro dia da casa de poker no Batel
Curitibano ganha R$ 240 mil em uma semana no poker online
Ex-aluno da UFPR fatura R$ 2 milhões e muda a história do poker online brasileiro

Participe da conversa!
0