Na última etapa do King Series of Poker (KSOP), encerrada essa semana em Belo Horizonte, o título acabou ficando com um paranaense de coração. Luís Henrique Kamei foi o grande campeão do evento principal, faturando um grande troféu e R$ 190 mil.

Siga e curta o Resenha do Poker no Facebook

Não é a primeira vez que Luis Kamei aparece aqui no Resenha do Poker. No ano passado, o jogador de 28 anos já tinha relatado como venceu um dos torneios do WSOP Argentina. Na ocasião ele contou que é natural de Dracena, no interior de São Paulo, mas já vive em Curitiba há quase dez anos.

Diante de mais essa conquista após ter iniciado a mesa final como o o jogador com mais fichas, Luís Kamei comemorou muito o título em Belo Horizonte. “É uma sensação indescritível. O KSOP é um dos melhores torneios do Brasil, marca consolidada que todo mundo conhece. É incrível”, afirmou ao site oficial do evento.

Os leitores mais atentos já devem ter percebido que esse sobrenome é bastante comum aqui no Resenha do Poker. Isso porque o irmão, Gustavo Kamei, também tem grandes resultados no poker. Há um mês ele ganhou um torneio no BSOP Floripa, além de já ter conseguido grandes premiações, como no KSOP, e o vice-campeonato brasileiro em 2016.

Grande família! Parabéns Luís Henrique Kamei por mais esse título!

Boa, Wender!

Wender Oliveira, radicado em Maringá, também fez bonito no KSOP 2018. O jogador profissional foi o campeão do ranking dos high rollers no ano, que consiste nos torneios mais caros de cada etapa. Com o título, Oliveira ainda ganhou um prêmio de R$ 30 mil, o que soma outras grandes premiações dele no ano. Parabéns!

Grupo no Whats

Como os leitores mais antigos do blog sabem, temos alguns grupos do WhatsApp onde divulgamos notícias do blog e focamos nas discussões de mãos com dúvidas. Nestes grupos bad beats não são bem-vindas! Para entrar basta acessar esse link. Qualquer problema, é só escrever para robsonm@gazetadopovo.com.br. É grátis. Se quer receber por e-mail as notificações de notícias, mandar críticas ou sugestões, este e-mail também é o caminho.

Leia Mais

Últimas vagas para torneio nas Bahamas mexem com poker mundial
Duas Harleys e grandes premiações agitam casa de poker no Batel
MasterMinds11: Comerciante fatura quase R$ 60 mil em Curitiba. Veja todos os campeões
Em disputa “colossal”, Brasileiro fatura R$ 3,7 milhões no Mundial de poker
Conheça as casas de poker de Curitiba

Participe da conversa!
0